Polícia Civil de Goiás cumpre 33 mandados contra crimes de abuso e exploração sexual

Foram feitas prisões em flagrante durante as buscas por suspeita de armazenamento e compartilhamento de material ilícito

A Polícia Civil, coordenada pela Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos, deflagrou na manhã desta quinta-feira, 28, a Operação Luz na Infância 4, que apura crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet. São investigados crimes de armazenamento, compartilhamento e produção de pornografia infantil.

Mais de 1.500 policiais cumprem 266 mandados de busca e apreensão, em 133 cidades. Em Goiás, 200 policiais civis cumprem 33 mandados, além de efetuar prisões em flagrante durante as buscas por suspeita de armazenamento e compartilhamento de material ilícito.

As penas para os crimes investigados variam entre 1 e 8 anos de prisão.

Investigação

Os alvos foram identificados pela equipe do Laboratório de Inteligência Cibernética da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça, com base em informações coletadas na internet.

O conteúdo foi repassado às Polícias Civis, para apuração das Delegacias de Proteção à Criança e ao Adolescente e de Repressão a Crimes Informáticos. Após a apuração, as delegacias instauraram inquéritos e solicitaram as buscas à Justiça.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.