Patrimônio nacional, Torre do Relógio começa a ser restaurada nesta segunda

Trabalho será feito em fases e deve ser concluído em sete meses. Iphan vai destinar quase R$ 685 mil para a obra

Inaugurada durante o Batismo Cultural de Goiânia, a Torre do Relógio é um dos mais antigos pontos de referência na cidade | Foto: Divulgação

Um dos mais antigos pontos de referência na capital, a Torre do Relógio, localizada na Avenida Goiás, será completamente restaurada. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), autarquia vinculada ao Ministério do Turismo, vai destinar quase R$ 685 mil para a obra, que terá início nesta segunda-feira, 31.

A restauração integral do monumento histórico tem previsão de sete meses. Além do reforço estrutural, a obra contempla a recuperação do revestimento em pó de pedra, das áreas com fissuras e despendimento de reboco ocasionadas pelo avançado estado de deterioração.

A obra também vai garantir o restauro dos elementos geométricos arquitetônicos, restabelecendo seu estado de preservação e conservação, e por último, a reativação do relógio. Todo o trabalho será feito em fases: estabilização da torre; avaliação estrutural; avaliação dos revestimentos; testes de argamassa (revestimento em pó de pedra); projeto estrutural, elétrico e luminotécnico, e execução.

A necessidade da total restauração do bem foi constatada pelos técnicos do Iphan em Goiás durante uma ação de conservação no monumento entregue no mês de maio. Desde então, os tapumes da Torre do Relógio não foram retirados para que os próximos serviços fossem executados.

Batismo cultural

Inaugurada durante o Batismo Cultural de Goiânia, em 5 de julho de 1942, a Torre do Relógio é um dos mais antigos pontos de referência na cidade. O monumento está localizado na Avenida Goiás, próximo à Praça Cívica, que é considerada o marco inicial da construção de Goiânia.

O equipamento é funcional, sendo um grandioso relógio urbano, e faz parte dos componentes construídos com a finalidade de trazer modernidade à nova capital goiana. É um bem de propriedade e gestão da Prefeitura da cidade e faz parte do Conjunto Arquitetônico Art Déco e Urbanístico de Goiânia, reconhecido pelo Iphan como Patrimônio Cultural Brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.