Augusto Diniz
Augusto Diniz

Pato Fu e Grupo Giramundo apresentam espetáculo Alice Live em Goiânia

Depois da última edição em 2014, o Festival Sesi Bonecos do Mundo volta a Goiânia entre os dias 1º e 5 de junho, com todos os eventos com entrada gratuita no Teatro Sesi e Praça Cívica

Espetáculo Alice Live será apresentado no dia 4 de junho às 20 horas na Praça Cívica com entrada gratuita | Foto: Reprodução/Facebook

Espetáculo Alice Live será apresentado no dia 4 de junho às 20 horas, na Praça Cívica, com entrada gratuita | Foto: Reprodução/Facebook

A banda mineira Pato Fu e o Grupo Giramundo (MG) apresentam em Goiânia o espetáculo Alice Live no dia 4 de junho às 20 horas. O palco será a Praça Cívica com entrada gratuita. O evento faz parte da programação do Festival Sesi Bonecos do Mundo, que acontecerá entre os dias 1º e 5 de junho em Goiânia e de 7 a 12 do mesmo mês em Belo Horizonte (MG).

O espetáculo Alice Live é uma mistura de teatro, show e cinema de animação. A obra de Lewis Carroll, “Alice no País das Maravilhas”, é de onde se baseia a peça, que conecta a música pop ao vivo aos bonecos no palco e animações projetadas com novas tecnologias, que dão ênfase ao surrealismo e ao fantástico desse clássico da literatura internacional.

Trechos do texto original de Lewis Carroll foram utilizados nas letras da trilha sonora da peça, que conta com mais de 20 músicas, composta pelo Pato Fu, que tem produção musical do guitarrista John Ulhoa, vozes de Fernanda Takai no papel de Alice e do ex-Mutantes Arnaldo Baptista como Chapeleiro Louco, personagem conhecido também como Chapeleiro Maluco ou Chapeleiro.

São 65 bonecos de tamanhos e técnicas de manipulação diferentes. Com 21 pessoas no palco, de músicos a marionetistas, atores e técnicos, o espetáculo une um show musical do Pato Fu com o teatro de bonecos do Grupo Giramundo. Além disso, a personagem Alice é interpretada pela cantora Fernanda Takai.

Ouça um trecho do espetáculo:

A peça faz parte da programação do Sesi Bonecos do Mundo, que acontece nos dias 1º, 2 e 3 de junho no Teatro Sesi às 20 horas, com retirada de ingressos, gratuitos, a partir das 12 horas de cada uma das datas, e na Praça Cívica a partir das 16 horas nos dias 4 e 5 de junho. O limite de ingressos é de dois por pessoa nos espetáculos do Teatro Sesi (de 1º a 3 de junho).

Segundo a organização do evento, são mais de 100 espetáculos de várias partes do mundo. “As homenagens acontecerão em Goiânia e em Belo Horizonte. Um rico intercâmbio de linguagens que envolve teatro de formas animadas com fotografia, música, audiovisual, literatura e artesania. Feira de títeres autênticos. Oficinas profissionais. Exposição em homenagem ao Boneco Popular do Nordeste, com acervo da maior colecionadora de marionetes da América Latina: Magda Modesto (em memória).”

Em Belo Horizonte, o Sesi Bonecos do Mundo acontece de 7 a 10 de junho às 19h30 e 21 horas no Cine Theatro Brasil e nos dias 11 e 12 de junho a partir das 16h30 na Praça da Estação.

Como o mamulengo virou patrimônio imaterial brasileiro, o festival celebrará essa novidade com a edição de 2016 dedicada a esse tipo de boneco. “Na programação, Pracinha de mamulengos bem tradicionais e peças teatrais super contemporâneas.Tudo de graça. Graças a quem acredita em sonhos”, diz a organização do evento no Facebook.

Mensagem da curadora do festival:

ARTE E LIBERDADE.

“Talvez você tenha lembrança da bailarina da caixinha de música. Presa à engrenagem cristalizada, a boneca roda, roda, roda. Sem jamais sair do lugar. Mas se, um dia, a bailarina pudesse fugir desse ciclo de repetição? Se ela pudesse trocar o movimento de dar corda na engrenagem pelas cordas de um marionetista libertário? E se, em vez de rodar na caixinha, ela fosse rodar por todo o Brasil?

Pois é um pouquinho disso que acontece no Sesi Bonecos do Mundo. Nãosomente bailarinas, mas bonecos acrobatas, palhaço, mágicos. Bonecos, mitológicos, bichos, anjos, demônios. Bonecos no corpo, na sombra, gigantes, invisíveis. Bonecos de todos os gêneros, cores e diversidade podem celebrar sua arte com os mais diferentes espectadores do País.

Desde 2004, o festival propõe abrir espaços cada vez maiores para o Teatro de Bonecos. Livres do condicionamento das pequenas salas, marionetes das mais tradicionais às mais contemporâneas de 17 países, já rodaram por todas as 26 capitais e o Distrito Federal, sendo aplaudidas por mais 2 milhões de pessoas.

Em 2016, o Sesi Bonecos volta a Goiânia e a Belo Horizonte. Pra rodar novamente, mas não do mesmo modo. Espetáculos inéditos. Exposição para festejar o Teatro de Bonecos Tradicional do Nordeste. Desde 2015, Patrimônio Imaterial Brasileiro. Cenografia viva e interativa. Companhias de 8 países e 8 estados do Brasil. Diálogo do teatro de marionetes com a música, a fotografia, a artesania, a literatura, o audiovisual. Você, no meio de tudo isso, de um jeito inédito pra você mesmo.

Mas, se mesmo diante de tantas possibilidades, a tal bailarina ainda sentisse saudade da música da caixinha? Ora, bastaria ouvir a sanfona dos Mestres Mamulengueiros pra tristeza passar rapidinho.”

Lina Rosa Vieira (Idealizadora e Curadora do Sesi Bonecos)

Serviço

Pato Fu e Giramundo em “Alice Live”
Data: 4 de junho
Horário: 20 horas
Local: Praça Cívica
Classificação: 10 anos
Duração: 75 minutos
Técnicas utilizadas: Marionete, balcão e fio
Preço: Entrada gratuita

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.