Papa Francisco diz ser contra legalização de qualquer tipo de droga

Papa Francisco: sucumbindo ao relativismo que não respeita nem a morte | Foto: Vaticano

Foto: Vaticano

O papa Francisco afirmou na 31ª edição da Conferência Internacional para o Controle de Drogas (IDEC) que é contra a legalização de qualquer tipo de droga. “A droga não se vence com a droga. A droga é um mal e, com o mal, não pode haver relaxamento ou compromissos”, disse na ocasião.

O evento aconteceu no Vaticano na última sexta-feira (20/6) e contou com a presença de representantes de diversos países. Na conferência, foram discutidos os diversos problemas causados pela lavagem de dinheiro proveniente do tráfico de drogas. “As legalizações das drogas leves, quanto menos discutíveis em nível legislativo, não produzem os efeitos pré-fixados. As drogas substitutivas não são uma terapia suficiente e sim um modo velado para render-se ao fenômeno”, enfatizou o pontífice.

O papa argentino falou também de jovens que querem se livrar da dependência, tentando reconstruir suas vidas. “Eles devem ter estímulo e olhar para frente com confiança”, disse Francisco. De acordo com o religioso, “o flagelo das drogas continua a fazer estragos em formas e dimensões impressionantes, alimentado por um mercado vergonhoso que atravessa as fronteiras nacionais e continentais.”

Deixe um comentário