Não sabe qual banda ver no Vaca Amarela? A gente te dá nove dicas

15ª edição do festival volta na sexta-feira (23) ao centro cultural que é considerado o símbolo da cena independente de Goiânia, o Martim Cererê

15ª edição do Festival Vaca Amarela começa nesta sexta-feira (23) no Centro Cultural Martim Cererê

15ª edição do Festival Vaca Amarela começa nesta sexta-feira (23) no Centro Cultural Martim Cererê

Augusto Diniz

A partir das 19 horas desta sexta-feira (23) mais de 60 atrações musicais do cenário independente nacional e até uma atração internacional se encontrarão com o Centro Cultural Martim Cererê, considerado por muitos o símbolo da cena independente da capital goiana. Na 15ª edição do Festival Vaca Amarela, realizado pela Fósforo Cultural, o evento se reencontra com as antigas caixas d’água do Setor Sul. E tudo isso por R$ 20 em cada um dos três dias ou R$ 50 o passaporte para sexta, sábado (24) e domingo (25).

Como são muitas as bandas e artistas que se revezarão em três programações paralelas, o Jornal Opção escolheu nove artistas — para não exagerar na quantidade — que você pode (ou não) prestar atenção durante o final de semana no Cererê. Dessas atrações, três delas se apresentam na sexta-feira.

A primeira delas é o trio carioca Ventre, que se apresentou no Festival Bananada deste ano para pouca gente no escondido Palco Casa do Mancha. Destaque na cena independente com seu primeiro disco, Gabriel Ventura (vocal e guitarra), Larissa Conforto (bateria) e Hugo Noguchi (baixo) trazem o peso do rock em melodias que vão da melancolia à agressividade em poucos minutos na mesma canção. O destaque fica para as músicas Pernas, Carnaval, Quente, Peso do Corpo, Bailarina e Carnaval. O show deles é às 21h30 de sexta.

No mesmo dia, às 22 horas, é a vez do rapper vindo de Pittsburgh, na Pensilvânia (Estados Unidos, Billy Pilgrim, mostrar que o rap cada vez mais tem seu espaço. Dessa vez até com uma programação no domingo destinada às batalhas de MCs. Billy Pilgrim é vocalista da banda Mega Def, mas vem em apresentação solo. Do seu disco Big Empty Things (2015), são muito boas as faixas So It Goes e melacholy molly.

Para fechar as dicas da sexta-feira, a banda goiana Carne Doce, que no final de agosto lançou o disco Princesa, se apresenta à meia-noite. Do segundo disco de Salma Jô (vocal), Macloys Aquino (guitarra), João Victor Santana (guitarra), Ricardo Machado (bateria) e Aderson Maia (baixo), as canções Falo, Artemísia, O Pai, Açaí e Eu Te Odeio são uma boa introdução à banda para quem (ainda) não conhece.

Sábado

Do segundo dia, às 17h30 tem o show da banda Bolhazul (DF). Patrick Maciel (guitarra e vocal), Eduardo Hoffmann (baixo) e Guilherme Rocha (bateria) lançaram em julho o EP Aurora, que tem quatro músicas. Desse trabalho inicial, Andrômeda e Medusa são as melhores. O show é bem cedo, mas vale a pena abrir mão do conforto do sofá e da TV para encarar a maratona de atrações no final da tarde de sábado.

Talvez essa seja a dica mais estranha e que está na lista por questões pessoais mesmo. A volta do Ludovic (SP), em comemoração aos 15 anos da banda que já tinha acabado, traz na bagagem os discos Servil (2004) e Idioma Morto (2006). Quem já viu o vocalista Jair Naves ao vivo, seja com essa banda ou em seu projeto solo, sabe o que é encarar a agressividade de um animal acuado ao vivo, como a própria banda se define. Se não te agradar, vale pelo espetáculo performático. O show é às 21 horas de sábado.

Desde que lançou o disco Mulher (2016), a banda paulistana As Bahias e a Cozinha Mineira, que tem no vocal as transexuais Assucena Assucena e Raquel Virgínia tem chamado atenção. Mas não pelo fato de ter duas trans no vocal, e sim pela qualidade das músicas. Um misto de MPB com música popular que encanta ao vivo.

A primeira vocalista nasceu em Vitória da Conquista (BA) e Raquel morou em Salvador (BA). Rafael Acerbi Pereira (violão e guitarra) é mineiro e montou a banda com as duas. Preste atenção especial às canções Josefa Maria, Ó Lua, Uma Canção Pra Você – Jaqueta e Melancolia. Tudo isso começa 0h15 no segundo dia do festival.

A última dica do sábado já tem plateia garantida quando vem a Goiânia desde a belíssimo show no Festival Bananada de 2015. A mistura México, Campinas (SP) e Goiânia da banda Francisco, el Hombre foi a escalada para fechar o sábado, já na madrugada de domingo. Com o primeiro disco inteiro na bagagem, que ganhou o nome de Soltasbruxa (2016), a mistura de música latina e brasileira se faz presente em um show mais do que animado, dançante e com tom de protesto e união. Do recém-lançado álbum, destaque para Calor da Rua, Como una Flor e Axé e Auê Sem Fuzuê. O show está marcado para começar a 1 hora, já no domingo.

Domingo

Com boas bandas de fora, a lista do Jornal Opção resolveu dar duas dicas de bandas goianas nada novas, mas que lançaram ótimos discos em 2016. A primeira e a representante do hardcore Atomic Winter, que lançou no mês de setembro seu segundo disco, Tsunami Survivor (2016). Concrete Squall, Snow Tires, New Gods e With The Tip Of Your Fingers marcam a agressividade e melodia do quinteto formado por Fábio Calaça (vocal), Rodrigo Modesto (guitarra), Rodrigo Caetano (baixo), Heitor Lima (guitarra) e Wendell Pereira (bateria). Eles se apresentam às 18 horas de domingo.

Fecha a lista do Jornal Opção a banda Hellbenders, que finalmente lançou o disco Peyote (2016), gravado no final de 2014 por meio de financiamento coletivo no deserto da Califórnia, no lendário estúdio Rancho de la Luna, em Joshua Tree (Estados Unidos). O show, marcado para 22h45 de domingo, traz o peso do segundo álbum do grupo formado por Diogo Fleury (vocal e guitarra), Braz Torres (vocal e guitarra), Augusto Scartezini (baixo) e Rodrigo Andrade (bateria). Se você ainda não escutou o disco novo, preste atenção em The Hunter, Possibilities Among Desire, Bloodshed Around, Memorize It e Where I Hide.

Programação completa

Sexta (23)

01:00 Mombojó (PE)
00:00 Carne Doce
23:15 Rafael Castro (SP)
22:30 Ara Macao
22:00 Billy Pilgrim(EUA)
21:30 Ventre (RJ)
21:00 Meia Noite Em Marte(SP)
20:30 Components
20:00 Two Wolves
19:30 Urumbeta do Espaço
19:00 Sheena Ye

PALCO FALANTE RECORDS/CAFOFO ESTUDIO
21:00 – Judas (DF)
20:00 – Versário
19:00 – Face Noruega
Dj Set Felamacumbia

PROGRAMAÇÃO DE ARTES INTEGRADAS + RODAS DE CONVERSA
Feira de Zines
19:00 – Roda de Conversa com Viva Gato
20:00 – Oficina de Zines – Beatriz Perini
21:00 – DJ CeciliaOui

Sábado (24)
01:00 Francisco El Hombre (MEX/BR)
00:15 As bahias e a cozinha mineira(SP)
23:45 Muntchako(DF)
23:00 Johnny Suxxx n´the Fucking Boys
22:15 Porcas Borboletas(MG)
21:30 Pó de Ser
21:00 Ludovic(SP)
20:30 Peixefante
20:00 Vitor Brauer(BH)
19:30 Brvnks
19:00 Lutre
18:30 Lista de Lily (DF)
18:00 Almost Down
17:30 Bolhazul (DF)
17:00 Lorranna Santos
16:30 Sótão
16:00 El Pato Loco

PALCO FALANTE RECORDS/CAFOFO ESTUDIO
21:00 – Manso
20:00 – Vintage Vantage(DF)
19:00 – La Morsa(ANP)
18:00 – Kastelijns
17:00 – Gregor
Dj Set Obsoleto

PROGRAMAÇÃO DE ARTES INTEGRADAS + RODAS DE CONVERSA
17:00 – Roda de Conversa – Jovem Negro Vivo – Anistia Internacional
19:00 – Oficina de Drags
21:00 – Batalha de Drags

Domingo (25)
23:30 Gabriel, O Pensador(RJ)
22:45 Hellbenders
22:15 Faroeste
21:30 Overfuzz
21:00 Milkee(SP)
20:30 Dogman
20:00 Jade feat. Kafé VMG
19:30 Evening(Anápolis)
19:00 Rollin Chamas
18:30 BBGG(SP)
18:00 Atomic Winter
17:30 Piscadela Verde(PA)
17:00 Sixxen
16:30 G9 Gang
16:00 Mausoléu de Helena

PALCO FALANTE RECORDS/CAFOFO ESTUDIO
21:00 – Sã Consciência
20:00 – Clann
19:00 – PRVN
18:00 – Naipe Vagabundo
Dj set Rodrigo Lagoa

PROGRAMAÇÃO DE ARTES INTEGRADAS + RODAS DE CONVERSA
16:00 – Batalha de MCs – Batalha de Poesia – Rimanação APGO
16:30 – Debate: Quebrando o Gênero
17:00 – Batalha de MCs – Batalha de Sangue – Rimanação APGO
17:30 – Pocket Show – Eduardo Genuíno
18:30 – Roda de Conversa – Jovem Negro Vivo – Anistia Internacional
20:00 – DJ CeciliaOui

Local: Centro Cultural Martim Cererê (Rua 94-A, Quadra 18, Lote 1, Setor Sul – Goiânia)
Data: Sexta (23), sábado (24) e domingo (25)
Ingressos: R$ 20 reais antecipado (por dia) ou R$ 50 reais passaporte (limitado a 200 unidades)
Pontos de venda: Ambiente Skate Shop Centro e Bueno, Shufle Mix e Hocus Pocus
Pela internet: Clique aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.