Médico que atirou na namorada deixa prisão após TJGO conceder Habeas Corpus

Márcio Antônio Barreto Rocha deixou a prisão na noite desta quarta-feira, 14

O desembargador Ivo Fávaro, do Tribuna de Justiça de Goiás (TJGO), concedeu Habeas Corpus que libertou o médico Márcio Antônio Barreto, de 55 anos, da prisão. Ele estava preso desde o dia 25 de setembro após atirar contra a namorada no estacionamento de um hospital em Goiânia. Câmeras de segurança flagraram o momento em que o médico sacou o revólver calibre 38 contra a namorada.

A Polícia Civil de Goiás começou a investigar o caso no dia 28 de setembro. No dia 6 de outubro o Ministério Público de Goiás ofereceu denúncia contra o médico, que estava internado e foi encaminhado a delegacia após receber alta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.