Justiça manda ex-vereador Amarildo Pereira usar tornozeleira eletrônica

Pai do deputado Humberto Teófilo, o ex-parlamentar participou de esquema que desviou 7 milhões de reais do INSS e foi condenado a mais de 5 anos de prisão

Condenado pela Justiça, cumprindo pena no regime semiaberto, o ex-vereador Amarildo Pereira passou a usar tornozeleira eletrônica a partir de 24 de julho deste ano. O ex-político é pai do deputado estadual Humberto Teófilo, do PSL.

O ex-vereador Amarildo Pereira e seu filho, o deputado estadual Humberto Teófilo | Fotos: Reprodução

Amarildo Pereira foi condenado pela Justiça a cinco anos e sete meses de prisão por peculato. O ex-vereador participou de um esquema que desvirou 7 milhões de reais o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). O ex-parlamentar é representado pelo advogado Pedro Paulo Medeiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.