Jovem tem 80% do corpo queimado pelo companheiro após se negar a fazer sexo

Suspeito é foragido da Justiça, tem mais de 15 passagens pela polícia e ateou fogo na namorada de apenas 18 anos após chegar de uma festa

Uma jovem de 18 anos teve 80% do corpo queimado pelo companheiro após se negar a manter relações sexuais com ele. De acordo com notícia publicada pela Rede RBS, o crime aconteceu na madrugada deste domingo (22/1) no interior do Rio Grande do Sul.

Michael de Andrade Ribas, de 28 anos, chegou à residência durante a madrugada após uma festa e quis fazer sexo com a companheira, Stéffani Aparecida Pereira Ribeiro. Após a negativa, ele jogou gasolina e ateou fogo na garota. Parte da casa ficou destruída com o incêndio, informou a polícia local.

Outras três pessoas, parentes do criminoso que também moravam com o casal, prestaram socorro à jovem. Eles tentaram apagar o fogo com um banho, no entanto, registra o G1 do RS, o fogo acabou se espalhando por outros cômodos. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado.

Stéffani Aparecida foi socorrida e levada a um hospital local e está internada em estado grave. O companheiro é foragido do sistema penitenciário e já foi preso por sete roubos, sete furtos e duas tentativas de homicídio. Ele fugiu do local após o crime.

As imagens são fortes:

 

2 respostas para “Jovem tem 80% do corpo queimado pelo companheiro após se negar a fazer sexo”

  1. Avatar Lucya disse:

    Este tratamento de enrolar com ataduras não se faz mais á mais de 45 anos, ela não deixa secar e só vai apodrecendo a carne, (falo com conhecimento de causa), e as cicatrizes ficam muito feias… impossível continuarem neste processo arcaico…

  2. Avatar Carlos Spindula disse:

    Um monstro um cara desses, porque que esse individuo está solto, se cometeu tantos crimes ? Porque uma jovem se envolve com alguém tão perigoso ? Triste, dado nosso país ter um histórico de violência e impunidade..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.