Jornalista chora ao vivo com reportagem de criança síria sendo operada sem anestesia

Em gravação, menino de cinco anos recita trechos do alcorão enquanto passa por procedimento cirúrgico

Um jornalista turco foi às lágrimas ao vivo durante o telejornal do canal Ulke TV, depois que foi exibido o vídeo de uma criança, supostamente da cidade de Aleppo, na Síria, sendo operada sem anestesia, diz matério do britânico “The Independent”.

A filmagem a teria sido feita pelos próprios médicos como forma de denúncia contra as condições médicas de parte da cidade controlada por rebeldes. No vídeo, a criança de cinco anos recita trechos do alcorão enquanto é operada. Não existem informações de quando o vídeo foi gravado.

No começo de dezembro, a Organização das Nações Unidas criticou a Rússia e a Síria por impedir que suprimentos, inclusive equipamento médico, cheguem a civis em parte da capital. Nesta segunda-feira (19/12), o Conselhor de Segurança da ONU aprovou o envio de observadores da organização a Aleppo, com o objetivo de monitorar a retirada de civis em segurança.

A crise humanitária no país decorre da guerra civil que já dura cinco anos. Calcula-se que já foram mais de 310 mil mortos e provocou o deslocamento de metade da população da Síria.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.