Governo já viabilizou mais de 200 mil atendimentos relacionados à Covid-19 em Goiás

Dados da SES-GO indicam mais de 5 mil internações na estrutura implantada para enfrentamento da pandemia no Estado. Segundo o Executivo, alto número de procedimentos só foi possível graças à regionalização da Saúde no Estado

Hospital de Campanha de São Luís de Montes Belos | Foto: Ascom

O número de atendimentos promovidos pelo Governo de Goiás no combate à Covid-19 já ultrapassa a barreira dos 200 mil. Os dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), atualizados na ultima sexta-feira, 28, consideram internações e outra série de procedimentos, como análises clínicas, urgência, emergência e exames diversos, todos realizados nos hospitais estaduais de campanha ou unidades com alas dedicadas ao tratamento da doença.

Segundo o Executivo, esse alto número de procedimentos só foi possível graças à regionalização da Saúde no Estado. A estratégia tem sido implantada pelo governador Ronaldo Caiado desde o decreto que reconhece o estado de calamidade pública em virtude da pandemia, publicado em março deste ano.

De lá pra cá, já existe estrutura estadual voltada para a Covid-19 em todas as macrorregiões de Goiás. Além de oferecer mais segurança e conforto para o paciente, ao evitar deslocamentos distantes em busca de assistência médica, esse modelo de gestão tem sido eficaz na descentralização dos serviços, antes concentrados especialmente em Goiânia.

Atualmente o Estado administra sete Hospitais de Campanha – inaugurados ao longo dos últimos cinco meses – e outros quatro hospitais com alas exclusivas para casos de Covid-19. As estruturas estão distribuídas entre nove municípios: Goiânia, Anápolis, Trindade, Águas Lindas, Formosa, Luziânia, Itumbiara, Porangatu e São Luís de Montes Belos.

Ainda segundo o levantamento da SES-GO, a rede estadual já efetivou 5.214 internações de pacientes com suspeita ou diagnóstico de Covid-19. Vale lembrar que esses atendimentos tiveram reforço de mais de 760 leitos exclusivos que foram inaugurados e devidamente equipados pelo governador nessa pandemia.

O Estado também já proporcionou à população goiana mais de 193 mil exames, desde análises laboratoriais até os procedimentos mais indicados para monitoramento do estado de saúde dos pacientes, como tomografias, raios-x, eletrocardiogramas e ultrassonografias. Já os atendimentos em regime de urgência ou emergência somam 20,4 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.