Garota de Ipanema de 87, capa da Playboy, ex-namorada de famosos, Josi Campos vive em clínica psiquiátrica

josi-campos-clinica-psiquiatrica

| Foto: Reprodução

O jornal “Extra”, do Rio de Janeiro, conta a história da ex-modelo Josi Campos, de 51 anos, que vive numa clínica psiquiátrica de Porto Alegre. Na década de 1980, ela foi uma das principais estrelas do mundo do espetáculo. Consagrada como “Garota de Ipanema de 87”, saiu na capa da revista “Playboy”. Bela e elegante, uma estrela, namorou alguns homens famosos, como o humorista Chico Anysio, o cineasta Ruy Guerra e o roqueiro Billy Idol.

Diagnosticada com esquizofrenia, Josi Campos ficou sem amigos e passou a viver sozinha, sem contatos, num apartamento da Lagoa, de onde saía apenas para pegar restos de comida. Sequer trocava de roupas. Havia se tornado praticamente uma indigente. Quando o “Extra” publicou a primeira reportagem contando sua história, inclusive com uma fotografia mostrando-a magérrima, com cerca de 35 kg, a médica Vera Ceroni, de Porto Alegre, decidiu ajudá-la.

Vera Ceroni é casada com um ex-namorado de Josi Campos. Ao ler a notícia no jornal, não hesitou, foi para o Rio de Janeiro, retirou-a do Pinel e levou-a para a clínica de Porto Alegre. “Meu filho estava vindo da escola quando viu a foto dela, pele e osso, numa banca. Trouxe o jornal para casa e mostrou para o pai. Ele sabia que eles tinham sido namorados. Meu marido ficou chocado e chorou muito. Há muito tempo, ninguém tinha mais notícias dela. Superei os ciúmes que eu tinha daquela história e, dias depois, estava no Rio para levá-la de volta para Porto Alegre, que é a cidade dela. Aceitei esse desafio na minha vida”, conta a psiquiatra. “Ela ficou no meu apartamento por alguns dias até ser internada. Tínhamos que alimentá-la com uma seringa. Josi dificilmente estaria viva hoje se não tivesse sido resgatada”, relata a médica ao “Extra”

Josi Campos se tornou paciente da psiquiatra, mas não só. Praticamente se tornou uma integrante de sua família. O jornal informa que a ex-modelo mora na clínica, brinca com os animais e assiste à novela “Boogie Oogie”, da TV Globo. “Ela não fala do passado, não tem muita consciência do que viveu, mas hoje é uma pessoa que vive sorrindo, uma pessoa feliz”, garante a médica. Vera diz que vai escrever um livro contando o que chama de uma história de amor — o resgate de Josi Campos, o seu tratamento na clínica e o convívio com sua família.

Uma resposta para “Garota de Ipanema de 87, capa da Playboy, ex-namorada de famosos, Josi Campos vive em clínica psiquiátrica”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.