Filho de empresário preso por suspeita de fraude no Fies ostentava vida de luxo, aponta revista

Matéria da Veja aponta que Sthefano Costa era figura comum em eventos milionários, chegando a fechar hotel de luxo para festa particular no Rio de Janeiro

Em matéria publicada pela Veja nesta sexta-feira, 6, a revista denuncia a vida de luxo vivida por um dos presos na operação da Polícia Federal (PF), que prendeu acusados de se beneficiarem ilegalmente do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies).

Na operação deflagrada na terça-feira, 3, a PF prendeu o empresário José Fernando Pinto da Costa, dono do conglomerado Uniesp e da Universidade Brasil. José Fernando Pinto é acusado de ser um dos maiores beneficiários pela crise que o Fies encara, com altas taxas de inadimplências cobertas pelo Estado.

Além de José, 18 pessoas, incluindo seu filho, Sthefano Costa, foi preso na operação. E foi Sthefano quem mais chamou atenção da reportagem, que destaca a vida de luxo vivida pelo jovem, ostentando festas conceituadas e com histórico de fechar o Hotel Fasano, no Rio de Janeiro, para festa particular.

Os investigadores apreenderam em endereços ligados a ele e à instituição dois aviões, um helicóptero, uma lancha, três jet skis e mais de trinta carros, incluindo modelos Jaguar, Mercedes e Land Rover.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.