Ex-modelo da Playboy quebra silêncio sobre suposto affair com Trump

Em entrevista à rede americana CNN, Karen McDougal disse que relacionamento com o presidente dos Estados Unidos durou dez meses, entre 2006 e 2007

Foto: Divulgação / Facebook

A ex-modelo da Playboy Karen McDougal disse em entrevista exclusiva à rede CNN que sua relação extraconjugal com o presidente Donald Trump durou 10 meses entre 2006 e 2007 e que os dois se viam pelo menos cinco vezes ao mês. “Nos vimos dezenas de vezes”, afirmou.

A entrevista foi exibida na noite de quinta-feira (22/3). Esta é a primeira vez em que a ex-modelo fala publicamente sobre o caso. Nesta semana ela entrou com uma ação para ser liberada de um acordo judicial que a proibia de falar sobre o caso. “Quero meus direitos de volta. Sinto que o contrato é ilegal, que eu fui persuadida e quero compartilhar a minha verdade, porque todos estão falando”, disse.

McDougal descreveu sua relação com Trump como uma relação consensual e de amor. Disse que seu único arrependimento é do fato de ter se envolvido com um homem casado e pediu desculpas à primeira-dama Melania Trump. “O que pode dizer, a não ser ‘me desculpe’? Não gostaria que isso fosse feito comigo”, afirmou.

Além de manter relações sexuais com Trump, McDougal disse que frequentou alguns eventos com ele e que se preocupava com que ninguém percebesse o caso. Também afirmou que esteve no apartamento de Trump, mas que nunca viu Melania nem Barron Trump, o filho do casal, de 12 anos.

“Fiz o que fiz e me sinto terrível, afirmou. “Eu votei em Donald. Por que iria querer prejudicá-lo? Quis divulgar a história porque não queria que a minha imagem ficasse comprometida”. Ela avaliou que o acordo provavelmente não teria acontecido se Trump não fosse candidato presidencial.

O presidente dos Estados Unidos nega ter tido relação com a ex-modelo.

McDougal rebate a negação: “Alguém está mentindo e não sou eu”. Ela, porém, diz não ter provas de que o relacionamento aconteceu. “Quem se preocupa com provas quando está em uma relação de amor?”, afirmou, acrescentando que tem apenas um diário que mantém há anos e onde essa relação estaria mencionada.

Deixe um comentário