Ex-capa da Playboy é presa por tráfico de drogas no Distrito Federal

Pamela Pantera é acusada de integrar uma rede de prostituição que vendia drogas para clientes de alto poder aquisitivo em Brasília

Flavia Tamayo, modelo e ex-capa da Playboy | Foto: Instagram/ Reprodução

A modelo Flávia Tamayo, mais conhecida como Pamela Pantera, foi presa pela Polícia Civil na tarde desta terça-feira, 21. Ela é acusada de integrar uma organização criminosa composta por garotas de programa que traficavam drogas.

Pamela Pantera já foi capa da revista Playboy de Portugal e Sexy, no Brasil, e já atuou em filmes pornográficos da produtora “Brasileirinhas”.

A Polícia Civil levantou que o grupo que ela pertencia vendia serviços sexuais e drogas sintéticas a clientes de alto poder aquisitivo em Brasília.

View this post on Instagram

???????

A post shared by Flavia Tamayo (@flaviatamayooficial) on

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.