“Eu cobro imposto do pobre mas ele sabe que o benefício chega”, diz Iris ao comentar aumento de 33,54% do IPTU

Prefeito ainda defendeu aumento da passagem de ônibus. “Como cobrar melhorias sem reajuste? Está dentro da lei”, argumentou 

iris na camara

Foto: Lívia Barbosa

Durante a prestação de contas do último quadrimestre de 2018 na Câmara Municipal de Goiânia, o prefeito Iris Rezende (MDB) foi questionado pelo vereador Lucas Kitão (PSL) a cerca do aumento de 33,54% no IPTU durante a atual gestão. “Será que nós estamos no caminho certo só aumento o IPTU e deixando de investir no comércio e na indústria? Seria certo colocar o peso da máquina nas costas do pai de família?”

O prefeito respondeu que nunca teve medo de cobrar imposto e que nunca fugiu dessa responsabilidade. “Eu cobro imposto do pobre mas ele sabe que o benefício chega pra ele. Prefeitura não vive sem imposto não”

Questionado se seria favorável ao aumento da passagem de ônibus que está em análise, Iris garantiu que ele é necessário. “O aumento da passagem é necessário.Eu não fujo a essas responsabilidades. Como exigir benefícios se a gente não cumpre com o reajuste que é lei? Eu nunca tive medo de cobrar imposto e venci em todas as administrações”, afirmou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ricardo

Chega mesmo Perfeito íris! Mas Goiânia não e só os Alphaville, Marista, Bueno, Nova Suíça e Centro. O resto da capital não vê nem metade disso que o senhor está cobrando. Morro na região norte e é uma vergonha aquele batom que o Senhor mandou fazer lá com seus puxa saco. Recapiou dois ou três quarteirões, deixou o resto com o asfalto ruim e mostrou na tv que recapiaram a região.
Vergonha desta gestão.