Em reunião, Maguito Vilela e Vilmar Rocha fazem balanço de projetos em parceria

Titular da Secima e prefeito de Aparecida de Goiânia discutiram ações e projetos que envolvem a prefeitura e o Governo de Goiás

Titular da Secima e prefeito de Aparecida de Goiânia discutem parcerias | Foto: Secima

Titular da Secima e prefeito de Aparecida de Goiânia discutem parcerias | Foto: Secima

Na manhã desta quarta-feira (21/12), o titular da Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima), Vilmar Rocha, e o prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB), se reuniram para apresentar um balanço e avaliar as ações e os projetos que envolvem a prefeitura e o Governo de Goiás.

Os deputados federais Daniel Vilela (PMDB), Thiago Peixoto (PSD) e Heuler Cruvinel (PSD) e o deputado estadual Francisco Jr. (PSD) também acompanharam a reunião. “A presença dos deputados federais é muito importante nessa reunião porque precisamos muito deles lá em Brasília para ajudar na interlocução com o Governo Federal e na viabilização de muitos desses projetos”, ressaltou Vilmar Rocha.

O titular da Secima expôs a situação de ações da pasta, como a questão dos licenciamentos ambientais para o Distrito Industrial José de Alencar e do aeroporto executivo. “Essa área de licenciamento é um dos nossos gargalos e há acúmulos de processos e falta de pessoal, mas estamos conseguindo avançar bastante”, explicou. “Às vezes somos mal compreendidos, mas temos de seguir as regras e fazer tudo da forma correta. E estamos fazendo”, acrescentou.

Na área de infraestrutura e mobilidade, foram apresentadas as situações do projeto para a extensão do BRT Norte-Sul de Goiânia. O objetivo, segundo o secretário, é ampliar o corredor que está sendo feito pela prefeitura de Goiânia e ligar o Terminal Cruzeiro do Sul, na capital, ao Terminal Veiga Jardim, em Aparecida. O superintendente Antônio de Cássia também falou sobre os projetos dos anéis viários Leste e Oeste que estão em andamento pela empresa concessionária da BR-153 e no Governo Federal.

Também entrou em discussão o sistema de abastecimento de água Mauro Borges. O superintendente executivo da Secima e ex-diretor de engenharia da Saneago, Mário João de Souza explicou a situação do chamado “linhão” que irá levar água da Barragem do João Leite para abastecer Aparecida.

“Essa será uma obra de suma importância para Aparecida e que vai resolver um grande problema nosso”, afirmou Maguito. “O projeto já está pronto e havia uma autorização do Ministério das Cidades para uma operação de debêntures da Saneago que viabilizariam os recursos para a obra, mas com essas mudanças todas a operação foi cancelada e agora temos de pensar numa alternativa para captar os recursos”, explicou Mário João.

Região Metropolitana

Também foi abordado o projeto Goiás Sem Lixão – que prevê um apoio do governo às prefeituras para implantação de aterros sanitários -, a nova Lei da Região Metropolitana e o Plano de Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana (PDIRMG) de Goiânia, que envolve mobilidade urbana, uso do solo, saneamento e outros temas de uso comum dos 20 municípios que compõem a região.

Segundo o superintendente de Assuntos Metropolitanos Marcelo Sáfadi, a nova lei já está pronta e será encaminhada à Assembleia ainda esta semana. Já o plano está sendo elaborado a partir de um convênio da secretaria com a Universidade Federal de Goiás (UFG).

“Acredito que tivemos sucesso em nossa administração porque tivemos uma equipe muito eficiente, com técnicos muito qualificados e políticos muito experientes”, afirmou Maguito. “O Vilmar sempre foi muito atencioso com a gente e tem uma equipe muito qualificada também. Acredito que essa reunião foi muito proveitosa e para fechar com chave de ouro a minha administração. Tenho certeza que o próximo prefeito, Gustavo [Mendanha, PMDB], também terá portas abertas na Secima e no Governo de Goiás e dará andamento a todos esses projetos que são importantíssimos para a cidade”, concluiu.

Por fim, o secretário Vilmar Rocha relembrou que o governador Marconi Perillo (PSDB) foi quem inspirou e apoiou esse relacionamento entre a Secima e o governo e a prefeitura de Aparecida. “Essa sempre foi uma diretriz do governador, de um governo republicano e que não discrimina prefeitos por questões partidárias. Governo não faz oposição a governo”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.