Em Assembleia, conselho decide por destituição da diretoria da Goiás Parcerias

Ficou acertada a destituição de dirigentes que já estavam afastados e de dois membros do Conselho de Administração

Heitor Camargo, presidente interino da Goiás Parcerias

Os Conselhos Fiscal e de Administração da Goiás Parcerias se reuniram, na tarde desta quarta-feira, 2, em uma Assembleia Geral Extraordinária para deliberar sobre a destituição da diretoria afastada da Companhia e de dois membros do Conselho de Administração. Além dos conselheiros fiscais — representantes do governador Ronaldo Caiado — e integrantes do Conselho de Administração, também participou da reunião o presidente interino, Heitor Camargo.

O conselho seguiu a recomendação do governador, que no dia 19 de setembro já havia assinado ofício determinando a troca do corpo diretivo da Companhia, e votou pela exoneração da diretoria que já estava afastada das funções enquanto corria o prazo de defesa dos mesmos. Dos ex-dirigentes da Goiás Parcerias, dois encaminharam cartas renunciando aos cargos, sendo um deles o ex-Diretor-Presidente Eduardo Macedo. Com a decisão, o ex-vice-presidente, Heitor Camargo, segue como presidente interino até a Assembleia que decidirá sobre a eleição do novo gestor.

Mudanças

Desde que Heitor Camargo assumiu como presidente interino, a Goiás Parcerias vem realizando algumas medidas administrativas para fortalecer a Companhia e dar seguimento aos projetos de parcerias e investimentos. A fim de conter despesas, o quadro de funcionários foi reduzido em mais de 60% e contratos reavaliados e rescindidos, gerando uma economia de quase 70% em prestação de serviços.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.