Dilma participa do lançamento do BRT ao lado de Marconi e Paulo Garcia

Presidente está em Goiânia para a cerimônia de lançamento das obras do BRT Norte-Sul, realizada no Paço Municipal 

Foto: Roberto Stuckert Filho/ PR

Foto: Roberto Stuckert Filho/ PR

A presidente Dilma Rousseff (PT) participa na tarde desta quinta-feira (19/3) do lançamento das obras do BRT Norte-Sul, em Goiânia. A petista, acompanhada do ministro das Cidades Gilberto Kassab (PSD), foi recebida pelo prefeito Paulo Garcia (PT) e pelo governador Marconi Perillo (PSDB).

Em seu discurso, o prefeito agradeceu as parcerias com o governo federal e elogiou o trabalho da presidente. “A senhora soube entender e atender as reivindicações da população após as manifestações de junho de 2013. Goiânia, hoje, é prova disso”, relatou Paulo Garcia.

Após elencar diversas obras realizadas na capital por meio de parcerias com o governo federal, como o Hospital da Mulher e a construção de três viadutos e faixas exclusivas de ônibus, o petista pediu para que Dilma não se desanimasse: “Tenha certeza que dias melhores virão e a senhora será lembrada para sempre como uma das responsáveis pela construção de um País livre, democrático, soberano e próspero”.

Ao falar sobre o projeto, Paulo Garcia destacou que o BRT (Bus Rapid Transit) Norte-Sul terá 21,8 km de extensão, 39 novas estações de embarque e desembarque, seis novos terminais a serem construídos, e vai atender a uma população de 120 mil usuários por dia. “É moderno e eficiente porque também é um transporte para atender a população com excelência”, completou.

A obra

O corredor exclusivo BRT terá 21,7 km de extensão e contará com seis terminais de integração: três novos (Correios, Rodoviária e Perimetral), dois reconstruídos (Isidória e Recanto do Bosque), um adaptado (Cruzeiro) e 40 estações de embarque e desembarque.

Conforme o site BRTBrasil, está previsto o investimento de R$274 milhões, com R$ 98 milhões do governo federal, por meio do PAC da Mobilidade, e R$95 milhões do governo municipal. A expectativa é que, após a ordem de serviço, a obra dure 18 meses e seja entregue no fim de 2016, ainda na gestão de Paulo Garcia.

 

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Rafael

R$ 274 milhões para realização da obra, com R$ 98 milhões do governo federal e R$ 95 milhões do governo municipal = R$ 193 milhões. A conta não fechou. Quem vai custear os outros R$ 81 milhões??