Confirmada no Bananada, carioca Ventre toca neste domingo em Goiânia

Banda carioca toca a partir das 17 horas no Complexo Estúdio & Pub, no Centro, e mostra canções do disco de estreia, lançado em 2015

Ventre vem a Goiânia mostrar a inquietude de seu som com canções como Bailarina, Quente, Pernas e Peso do Corpo | Foto: Pedro Arantes

Ventre vem a Goiânia mostrar a inquietude de seu som com canções como Bailarina, Quente, Pernas e Peso do Corpo | Foto: Pedro Arantes

Augusto Diniz

Feito bailarina eu pus o tempo pra dançar/Forcei a porta de onde eu queria entrar.” Os dois primeiros versos de Bailarina, primeira de 11 canções do disco de estreia da banda Ventre, de 2015, dão o tom da inquietude das letras e melodias de Gabriel Ventura (voz e guitarra), Larissa Conforto (bateria) e Hugo Noguchi (baixo). A banda carioca toca neste domingo (27/3) em Goiânia, a partir das 17 horas, no Complexo Estúdio & Pub, ao lado das goianas Lutre e Almost Down.

Antes de gravar o disco de estreia, 抱きしめ と キス (Um aperto e um beijo em japonês), que foi lançado em 20 de outubro de 2015, a banda começou a trabalhar composições do guitarrista e vocalista desde 2012. No release de lançamento do álbum, o trio descreve como um longo processo embrionário o tempo que durou a gravação das 11 canções que foram colocadas no disco.

Em julho de 2013, a Ventre soltou a gravação ao vivo de Carnaval. Em seguida, no mês de dezembro do mesmo ano, saiu Pernas.

Dessas duas gravações ao vivo até sair o disco foram horas e mais horas de estúdios diferentes, na maioria durante as madrugadas, com diversos engenheiros de som e produtores no Rio de Janeiro e até no Espírito Santo até o disco ser lançado.

“Passamos por mais de dez estúdios e tivemos muitos amigos, a quem devemos muito, envolvidos – entre engenheiros de som, produtores e artistas”, diz a baixista Larissa no material de divulgação.

Na tarde deste domingo, a Ventre mostra em Goiânia o trabalho feito até o disco de estreia, nesses quatro anos de banda. Ventre é uma das atrações confirmadas do 18º Festival Bananada, que acontece na capital goiana entre os dias 9 e 15 de maio.

Assista ao videoclipe de Peso do Corpo, dirigido por Philippe Noguchi, produzido por Paula Elisa Garcia, com figurino de Ivan Cascon, direção de arte de Livia Charret, maquiagem Mariana Rigoli e que conta com as atrizes Malu Souza e Julia Shimura:

Lutre

Criada em 2015, a Lutre é um trio alternativo de rock cantado em português formado por Marcello Victor (vocal e guitarra), Chrisley Hernan (baixo) e Jefferson Radi (bateria). A ideia do grupo é experimentar arranjos originais com alternância de ritmos em uma mesma música que se encaixa em cada canção. O primeiro EP, com as faixas Sonhos e Distração, foi lançado em janeiro e será distribuído pela Falante Records. A gravação conta com a participação de Zó Dias, do Urumbeta do Espaço, nos sintetizadores.

Almost Down

O Almost Down é o representante do post-hardcore mais presente nos festivais goianos de música independente nos últimos anos. Formada em 2014, a banda tem nas suas influências Paramore, Foo Fighters, My Chemical Romance, Fall Out Boy e 30 Seconds to Mars.

Caio Lima (vocal), Murilo França (guitarra e backing vocal), Betto Medeiros (baixo) e Taiguara Stark (bateria) lançaram em 2015 o EP Find The Balance, que será distribuído virtualmente pela Falante Records.

Serviço
Complexo Estúdio Apresenta: Ventre (RJ)
Data: domingo (27/3)
Local: Complexo Estúdio & Pub — Rua 7, número 485, sala 1, Centro, Goiânia (em frente ao Parthenon Center)
Bandas: Ventre (RJ), Lutre e Almost Down
Horário:  a partir das 17 horas
Ingresso: R$ 10 (entrada somente no dinheiro, mas o bar aceita cartão)

Deixe um comentário