Caminhando ao lado de Caiado, PRTB pretende eleger deputados com 11 mil votos

Há quase 10 anos na base caiadista, PRTB é um dos doze partidos a apoiar a reeleição de Ronaldo Caiado

Com base multipartidária, Ronaldo Caiado (União Brasil) chega nas eleições de 2022 com o apoio de 12 partidos – União Brasil, MDB, Solidariedade, PRTB, PSC, Avante, PV, Podemos, PTB, Progressistas, Republicanos e PDT. Comparado com as eleições de 2018, permanecem ao seu lado o PRTB, PDT, PSC, Podemos e, claro, o gigante União Brasil. O PRTB estadual, dirigido por Denes Pereira, frisa que está ao lado do pré-candidato à reeleição há quase uma década, isso porque ainda em 2014, quando Caiado disputou a eleição para o Senado, o partido já o apoiava. Ao Jornal Opção, o presidente do diretório regional destaca que além de caminhar na base caiadista, o partido possui a chapa mais competitiva e aposta na eleição de, ao menos, quatro deputados estaduais.

O PRTB, durante o pleito de 2018, já havia declarado apoio a Caiado um ano e meio antes da eleição. Na época, Denes era o presidente da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), na gestão de Iris Rezende, pelo MDB. Mesmo com Daniel Vilela (MDB) sendo o principal oponente de Caiado na última eleição estadual e sendo do partido de Iris, o ex-presidente da Comurg preferiu andar junto com o governador. O motivo? Ele explica que é pelo histórico de vida de Caiado, relembrando o fato de que Ronaldo Caiado chegou a ser candidato à presidência da República aos 39 anos de idade, sendo “uma pessoa que enfrentou a esquerda quando ninguém tinha coragem e que mesmo depois de cinco mandatos como deputado federal, não teve nada que desabonasse sua história”. Denes relembra também que em 2016, quando houve o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), Caiado fez um “trabalho espetacular”.

Ao avaliar a gestão caiadista, o presidente do PRTB é enfático. “Tudo foi realizado com muita maestria. Hoje, Goiás com três anos de gestão, enfrentou uma crise fiscal gravíssima nunca vista antes na história. Caiado conduziu a pandemia priorizando a vida das pessoas. Não fez política em cima disso. Ele regionalizou a saúde com o aumento de Unidades de Terapia Intensivas por todo o Estado, resolveu o problema da segurança pública, o que era muito grave, concluiu obras, investiu na Educação, com uniforme para os alunos, reformas de escolas e concedeu chromebooks para os estudantes. Nos dois últimos anos, deu oportunidades para que pequenos e médios empresários não fechassem seus negócios a partir de programas de fomento. Tudo aquilo que o governador pregou em sua campanha, está sendo realizado”. Sobre a decisão de continuar caminhando com Caiado, Denes destaca “acreditamos no seu programa de governo. Imagina mais quatro anos com ele no poder? Quando Caiado pegou o Estado de Goiás, nós estávamos quebrados. Agora, com a crise financeira resolvida, teremos uma capacidade de investimento muito maior. Nossa educação, saúde e cultura são referências no Brasil”, diz.

Questionado se a escolha de Caiado por algum candidato à presidência pode atrapalhar o apoio do partido ao governador em Goiás, Denes descarta a possibilidade. “Estou no PRTB há 15 anos, na presidência há 10 anos. O PRTB nacional sempre respeitou a decisão do Estado. Isso já está cravado. Independente de qualquer decisão quanto ao candidato à presidência da República, estamos fechados com Caiado”. 

Sobre a montagem de chapa para este ano, Denes aposta que o PRTB possui uma das três melhores chapas de deputados. “Temos hoje uma chapa que, com certeza, fará quatro ou cinco deputados estaduais, de 11 a 13 mil votos. Para federal, vamos eleger com 30 a 35 mil votos. Temos chapas completas no âmbito estadual e federal”. Em 2020, o partido elegeu dois vereadores para a Câmara Municipal de Goiânia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.