Aneel e Ministério de Minas e Energia avaliam resultados do termo de compromisso com Enel em Goiás

Para o titular da Sedi, ainda é cedo para perceber melhorias significativas, já que a assinatura do acordo tem apenas um mês, mas já houve avanços em relação à postural da Enel

Foto: Divulgação

O secretário de Desenvolvimento e Inovação, Adriano da Rocha Lima, acompanhou, nesta sexta-feira, 27, em Brasília, a reunião realizada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), com participação do Ministério de Minas e Energia, para verificação do cumprimento do termo de compromisso assinado entre Enel e o Governo de Goiás para melhorias no fornecimento de energia elétrica no Estado.

Para o titular da Sedi, ainda é cedo para perceber melhorias significativas, já que a assinatura do acordo tem apenas um mês, mas já houve avanços em relação à postural da Enel.

”Hoje já vimos uma melhoria pequena em termos de capacidade, mas, nessa reunião, buscamos observar se a estrutura que a Enel montou está adequada a investimentos desse tamanho. Vimos com bons olhos tudo o que eles apresentaram e as informações estão muito mais transparentes, informando  o que o governo precisa saber para ter de a certeza de que os compromissos serão honrados“, afirmou o titular da Sedi, que esteve na Aneel acompanhando pelo presidente da Celg Geração e Transmissão, Lener Silva Jayme, e pelo chefe do Gabinete de Representação do Estado no Distrito Federal, Breno Vieira.

Comandando a reunião, o diretor da Aneel, Rodrigo Limp, destacou o desafio da Enel em cumprir as obrigações presentes no acordo, lembrando que, em outubro, haverá fiscalização técnica da Aneel para avaliar se o que a empresa apresentou está sendo cumprido efetivamente.

Assessor da Secretaria-Executiva do Ministério de Minas e Energia (MME), Ricardo Takemitsu Simabuku , reforçou o envolvimento do MME nas cobranças por melhorias do serviço prestado pela Enel.

“O Ministério de Minas e Energia acompanha de perto a situação e vemos com bons olhos esses investimentos, pois temos a expectativa de que isso resolva a demanda de energia“, explicou.

Do lado da Enel, o presidente da filial goiana, José Luis Salas, confirmou o empenho em atender as necessidades energéticas de Goiás, destacando a estruturação que a empresa está fazendo para atender às exigências do Estado.

Para o secretário Adriano da Rocha Lima, esses encontros mensais serão fundamentais para avaliar atentamente todos os itens do acordo, evitando atrasos e que medidas importantes sejam deixadas de lado, provocando atrasos nas melhorias prometidas pela Enel.

Além disso, o titular da Sedi ainda citou que a fiscalização em campo que será feita em outubro trará mais elementos para avaliar o cumprimento do acordo.

”Um acordo de cooperação foi feito entre a Agência Goiana de Regulação e a Aneel para ter mais braços pra fiscalizar a atuação da Enel. Haverá uma fiscalização mais forte e intensa em campo para verificar se tudo o que foi prometido está andando no passo que foi acordado para atender o que o Estado exige“, argumentou.

Uma resposta para “Aneel e Ministério de Minas e Energia avaliam resultados do termo de compromisso com Enel em Goiás”

  1. Avatar julio c capparelli disse:

    ENEL Melhorou????
    so se foi em outro lugar. aqui em Rio Verde esta cada dia pior.
    nesta semana aqui na minha casa, por exemplo, ficamos 40 horas sem energia.
    a cidade sofre black-out diariamente e não temos onde reclamar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.