A pedido de imigrantes, Mourão se reúne com brasileiros nos Estados Unidos

Vice-presidente tem agenda nos EUA, na próxima semana, e também se encontra com ex-assessor de Ciro Gomes durante campanha

Foto: Agência Brasil

Está agendado, para a próxima semana, uma visita do vice-presidente, general Hamilton Mourão (PRTB), à Boston, Estados Unidos. Na ocasião, o peerretebista vai se contrar com representantes da comunidade de imigrantes brasileiros. Ressalta-se que este encontro acontece por solicitação de imigrados do Brasil que vivem no estado de Massachusetts.

A ida de Mourão aos EUA não se dá somente por isso. Na sexta-feira, 5, ele participa do evento realizado por estudantes brasileiros de Harvard e do Massachusetts Institute of Technoloy, Brazil Conference. Já no sábado, 6, o vice-presidente se encontra com os imigrantes do País.

Ainda no sábado, o general vai se encontrar o professor de Harvard, Roberto Mangabeira Unger. Ele foi o assessor do ex-presidenciável Ciro Gomes (PDT). Depois, Hamilton segue para Wagingnton para participar de eventos em centros de pesquisas.

Mal estar

Atualmente cerca de 1,5 milhão de brasileiros vivem nos Estados Unidos e nem todos de forma regular. Na última semana, o presidente Bolsonaro (PSL) afirmou em entrevista à Fox News, durante visita aos Estados Unidos, que “a grande maioria dos imigrantes em potencial não tem boas intenções nem quer fazer o bem ao povo americano”.

Posteriormente, o presidente disse à jornalistas ter sido um “equívoco”. “Boa parte tem boas intenções, a menor parte, não. Peço desculpas”, corrigiu.

O filho do presidente, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), que também esteve na viagem, falou que os imigrantes ilegais são problemas do Brasil e uma “vergonha nossa”. Ele também se arrependeu.

“A declaração foi para dizer que o Brasil tem responsabilidade com seus nacionais e não vai ficar permitindo a entrada de brasileiro em qualquer lugar que não seja da maneira legal”, voltou atrás. (Com informações da Folha de S.Paulo)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.