Augusto Diniz
Augusto Diniz

Maria Gadú é a terceira atração do Bananada com data confirmada

Cantora paulistana de MPB se apresenta no sábado 13 de maio dentro da programação do festival goianiense, que acontece de 8 a 14 do mesmo mês

Maria Gadú vem a Goiânia com show da turnê Guelã – Ao Vivo | Foto: Luiz Tripolli

A cantora paulistana de MPB Maria Gadú confirmou na noite de sexta-feira (24/3), por meio de um evento criado pela página dela no Facebook, que se apresenta no Festival Bananada, em Goiânia, no sábado 13 de maio. O show acontece dentro da programação do evento na data em que o Bananada tem como casa o Centro Cultural Oscar Niemeyer (CCON).

Além de Maria Gadú, que se apresenta no dia 13, a banda Os Mutantes também antecipou a divulgação oficial, que será feita pela produção do festival na terça (28/3). A banda de rock psicodélico dos anos 1960 toca no mesmo dia que a paulistana. Além das duas atrações com data já informada pelo Facebook, o sócio do evento, o empresário Lucas Manga, informou sem perceber que o DJ Patife fecha a programação do último dia do Bananada, o domingo 14 de maio.

Aos 30 anos, Mayra Corrêa Aygadoux, mais conhecida como Maria Gadú, vem a Goiânia no dia 13 de maio apresentar o show da turnê do CD e DVD Guelã – Ao Vivo (2016). Além de Maria Gadú, que canta, toca guitarra e surdo, a artista é acompanhada no palco por Federico Puppi no cello e vocal, Lancaster Pinto no baixo e vocal, Felipe Roseno na bateria, percussão e vocal.

A equipe da paulistana ainda inclui áudio de Diogo Guedes, luz por Marcos Franja e Agostinho Oliveira, Paulinho Barroso como assistente de palco (roadie), Thom Levisky na produção. A direção musical do show é de Maria Gadú, que divide a direção geral do Guelã ao vivo com Lua Leça.

Conhecida inicialmente pelo grande público com a canção Shimbalaiê, de 2009, a cantora lançou os discos Maria Gadú (2009), Multishow Ao Vivo (2010), Maria Gadú e Caetano Veloso – Multishow Ao Vivo (2011), Mais Uma Página (2011), Nós (2013), Guelã (2015) e Guelã – Ao Vivo (2016).

Trilha sonora

Maria Gadú emplacou músicas nas novelas e minisséries da Rede Globo Viver a Vida, Cama de Gato e Cinquentinha em 2009, no filme Sonhos Roubados, nas produções A Vida Alheia, Ti Ti Ti, Araguaia e Clandestinos: O Sonho Começou, todos da mesma emissora, no ano seguinte. 2011 foi a vez de ter canções incluídas em Desenrola, A Vida da Gente e Cordel Encantado.

A participação das músicas da paulistana na Globo continuou em 2012 nas novelas Malhação, Cheias de Charme e Amor Eterno Amor. Em 2013 foi a vez de ter duas canções em Flor do Caribe, seguida de Em Família, Império e Malhação no ano de 2014. A novela que tinha na trilha sonora Maria Gadú em 2015 foi Sete Vidas.

Composições em Guelã

Nas canções de Guelã, há uma regravação de Trovoa, de Maurício Pereira. As outras músicas são composições de Maria Gadú no disco de 2015. As parcerias na hora de fazer as músicas aparecem em Obloco, com Maycon Ananias, que também participa da composição de Semi-voz ao lado de Gadú e James McCollum, além de Mayra Andrade em Sakédu.

Shimbalaiê não faz parte do CD e DVD do disco Guelã ao vivo, mas continua a ser o maior sucesso da cantora. Por isso ouça a música que colocou Maria Gadú entre as artistas mais conhecidas da música brasileira:

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.