Augusto Diniz
Augusto Diniz

Fósforo comemora 11 anos com shows, DJs e comidas típicas de quadrilha

Produtora goiana realiza evento que une 24 atrações musicais a partir das 16 horas no Martim Cererê neste sábado (15/7) com entrada gratuita até as 18 horas

Em alusão às festas juninas, quarta edição da Festa Julindie acontece neste sábado (15/7) no Centro Cultural Martim Cererê | Foto: Divulgação

“Hoje se tem uma palavra que resume nosso trabalho na cultura é a diversidade.” A explicação do produtor João Lucas Ribeiro, da Fósforo Cultural, mostra como o selo conseguiu sobreviver a 11 anos de existência de forma independente e criativa. Para comemorar esse tempo de atividade na produção de shows, festas, festivais e promoção de música, a Fósforo realiza neste sábado (15/7) a 4ª Festa Julindie a partir das 16 horas no Centro Cultural Martim Cererê, que fica na Rua 94-A, no Setor Sul.

A boa notícia é que a entrada é gratuita até as 18 horas, quando começa a ser cobrada a entrada no valor de R$ 10. A partir das 20 horas, o ingresso custa R$ 20. A Festa Julindie, que faz alusão às festas juninas, conta com uma atração internacional. A banda australiana Napoleonic está no Brasil com a turnê de lançamento do EP Euphoria.

“No início não tínhamos experiência e tudo era novo. Hoje já temos uma agenda de eventos anuais Trabalhamos com planejamento das ações, em rede e conectados com os outros agentes do mercado cultural”, fala João Lucas sobre o começo da Fósforo em 2006 no material de divulgação da Festa Julindie.

São marcas registradas na agenda cultural da cidade os festivais Grito Goiânia e Vaca Amarela, os dois realizados pelo selo. “Fomos os primeiros a abrir espaço ao hip hop nos festivais de música independentes, que até então eram vistos como festivais de ‘rock’. O Vaca trouxe pra cidade o conceito de artes integradas, promovendo o diálogo entre as expressões artísticas.”

A prova dessa diversidade musical é a participação de DJs e bandas de diferentes estilos. Na Festa Julindie, o Palco Roxy será comandado, a partir das 20 horas, pelos DJs Paullo Inácio, Kandy Gnoletto, Bárbara Novais, Chaul, Mike Marques, Johny Aguiar, Lipy B., Jobbert, Gabb Borghetti, David Barbosa, Anarcotrans e Kath Poison.

No Palco Fósforo 11 anos, a primeira banda a se apresentar é a Black Lines às 16 horas. Quem chegar mais cedo poderá ver a Black Lines, a banda Sã às 16h45 e o grupo Lobinho e Os 3 Porcão 17h30 de graça. A partir das 18 horas, quando o ingresso custa R$ 10, subirão nesse espaço Almost Down 18h15, Mice Möb 19 horas e Lutre 19h45.

Depois das 20 horas, quando a entrada passa a custar R$ 20, ocupam o Palco Fósforo 11 anos os grupos Components às 20h30, Mellow Buzzards 21h15, Caffeine Lullabies 22 horas e a australiana Napoleonic às 23 horas. Os dois últimos shows voltam a valorizar os artistas goianienses, com a cantora Bruna Mendez a partir da meia-noite e o trio Overfuzz 1 hora da manhã de domingo (16).

Além dos artistas que se apresentam desde a tarde de sábado até a madrugada de domingo no Martim Cererê, serão vendidas comidas típicas de festas juninas, discos, vinis, camisetas das bandas e outros produtos.

Serviço
Festa Julindie #4 – Aniversário de 11 anos da Fósforo Cultural
Data: 
sábado (15/7)
Horário: a partir das 16 horas
Local: Centro Cultural Martim Cererê – Rua 94-A, Setor Sul
Ingressos: de graça até as 18 horas, R$ 10 até 20 horas e R$ 20 a partir das 20 horas
Horário das atrações musicais:

Palco Fósforo 11 anos
16 horas – Black Lines
16h45 – Sã
17h30 – Lobinho e Os 3 Porcão
18h15 – Almost Down
19 horas – Mice Möb
19h45 – Lutre
20h30 – Components
21h15 – Mellow Buzzards
22 horas – Caffeine Lullabies
23 horas – Napoleonic (Austrália)
0 hora – Bruna Mendez
1 hora – Overfuzz

Palco Roxy
20 horas – Paullo Inácio x Kandy Gnoletto
21 horas – Bárbara Novais
22 horas – Chaul
23 horas – Mike Marques x Johny Aguiar
0 hora – Lipy B. x Jobbert
1 hora – Gabb Borghetti x David Barbosa
2 hora – Anarcotrans x Kath Poison

Deixe um comentário