Augusto Diniz
Augusto Diniz

Das artes à gastronomia, GO Art busca espaço no cenário nacional da tatuagem

Com flashs a partir de R$ 200, convenção de tatuadores inclui quatro dias de palestras, mostras fotográficas, música, workshops, gastronomia e outras artes

GO Art inclui tatuagens com preços a partir de R$ 200 e competições em 18 categorias para os tatuadores | Foto: Fredox Carvalho

No último sábado (1º/4), o GO Art deu um pouco da sua graça ao ter como evento de lançamento os shows das bandas goianas Carne Doce e Violins, dois dos maiores representantes da música de Goiânia nas duas primeiras décadas do século XXI. As apresentações aconteceram no Teatro Goiânia.

Mas a programação completa desta convenção de tatuadores que inclui cinema, gastronomia, música, grafite, palestras, worshops, fotografia e outras artes relacionadas ao mundo da tatuagem começa para valer nesta quinta-feira (6). A Vila Cultural Cora Coralina será o espaço que recebe de hoje até o sábado (8) as atividades do GO Art.

Quinta-feira (6)

Desde as 9 horas desta quinta acontece o workshop duplo sobre realismo colorido, preto e cinza com o tatuador paulista Marcelo Mordenti. A atividade, que acontece na Vila Cultural Cora Coralina, atrás do Teatro Goiânia, vai até as 18 horas de hoje.

Às 18h30 é a vez do workshop de montagem e regulagem de máquinas com Elcio Sespede, mais conhecido como Polaco. Com estúdio em São Paulo, Polaco começou a tatuar em 1983. Ele é o criador do Museu Tattoo Brasil. A ação vai até as 22 horas desta quinta.

Sexta-feira (7)

BNegão vem ao GO Art como DJ do evento na sexta-feira (7) | Foto: Divulgação

Com entrada gratuita na sexta e no sábado até as 19 horas, horário que passa a ser cobrado ingresso de R$ 10 por pessoa, o evento segue na Vila Cultura Cora Coralina. Na sexta é a vez da palestra sobre biossegurança com Lara Brito, das 9h às 10h. Depois vem o workshop educativo para body piercers de Ronaldo Sampaio, o Snoopy (SP), e Thiago Oliveira (PR), que começa às 10h e vai até as 18h.

Além da palestra e do workshop, a programação da sexta-feira no GO Art inclui, a partir das 14 horas, o Flash Day, com tatuagens a preços mínimos de R$ 200, concurso de tatuagem, comidas nos food trucks participantes do evento, exposições, fotografia, cinema, grafiti e micropigmentação de olhos, bocas, sobrancelhas e aréolas mamárias com Welide San.

A música começa às 17h30 de sexta com o DJ Daniel de Mello. Às 19 horas acontece o bate-papo com o cartunista carioca Otacílio Costa D’Assunção Barros, o Ota, no relatório Ota sobre o Ota. Em seguida é o também carioca BNegão, do Planet Hemp e Os Seletores de Frequência, discoteca às 19h30. Depois o goiano Alan Honorato fecha a programação musical da sexta-feira.

Sábado (8)

O workshop educativo para body piercers acontece também no sábado a partir das 10 horas com os profissionais Ronaldo Sampaio, o Snoopy (SP), e Thiago Oliveira (PR), até as 18 horas. A programação do sábado, que começa às 14 horas, inclui as mesmas atividades da sexta, com Flash Day, concurso de tatuagem, food trucks, exposições, fotografia, cinema e grafiti.

No sábado acontecerá a sessão gratuita de micropigmentação de aréolas mamárias para mulheres mastectomizadas com Welide San, em uma ação social do GO Art. Às 17h30, o DJ goiano Pablo Kossa inicia a atividade musical, seguido de bate-papo com o vocalista do Ratos de Porão João Gordo, às 19h30, que também discoteca às 20 horas. Alexandre Perini fecha a noite com apresentação a partir das 23 horas.

Assim como na sexta-feira, a entrada é gratuita até as 19 horas, quando passa a ser cobrado ingresso de R$ 10 para entrar no GO Art.

Domingo (9)

A festa de encerramento do GO Art 2017 acontece no Diablo Pub. Se a programação da convenção está toda marcada para a Vila Cultural Cora Coralina, o show que fecha o evento foi marcado para um local com estrutura adequada para receber a apresentação da banda capixaba de hardcore Dead Fish. O grupo segue com sua turnê de 25 anos de carreira.

O show acontece às 20 horas, de acordo com evento de divulgação da atração no Facebook. Os ingresso antecipados custam R$ 30. A venda online é feita pelo site Sympla (clique aqui). A venda física de bilhetes acontece na loja Shuffle Mix Milkshakes, que fica na Avenida Araguaia, número 377, Centro, em frente ao Banana Shopping. O horário de funcionamento da Shuffle Mix é das 9h às 21h de segunda a sábado e em feriados. Na hora do show o ingresso custará R$ 40.

Proposta do GO Art

O GO Art quer ser um disseminador de diferentes formas de manifestações culturais que fazem parte do cotidiano direta ou indiretamente. É assim que o evento, uma convenção de tatuadores, é divulgado no material enviado à imprensa. A proposta da programação do GO Art é casar todas as atividade incluídas ao eixo principal dos quatro dias de convenção, que é a tatuagem.

São esperados mais de cem tatuadores de Goiânia, Anápolis, Senador Canedo, Pires do Rio, Águas Lindas de Goiás, Brasília (DF), Águas Claras (DF), Taguatinga (DF), Sorocaba (SP), Carapicuíba (SP), Santos (SP), São Paulo, Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR) e outras cidades. A ideia é que os artistas atuem no evento em estandes individuais e duplos.

De acordo com o material de divulgação do GO Art, a proposta é colocar Goiânia no calendário brasileiro de eventos voltados para a tatuagem. Pedro Henrique Brito, idealizador e organizador do GO Art, afirma é preciso reafirmar a força goiana no segmento. “O GO Art conseguiu atrair artistas renomados de diferentes partes do país e oferecer um formato diferente dos demais”, explica Pedro Henrique.

O GO Art é realizado pela Taboo Produções, de Pedro Henrique, com apoio institucional da Prefeitura de Goiânia. O idealizador da convenção aposta em erros e acertos de outros eventos que realizou na capital durante mais de dez anos. “O GO Art será mais arte e menos música porque muitas vezes a gente acaba confundindo achando que o público do rock é o público da tatuagem e nem sempre isso acontece.”

Pedro Henrique Brito, idealizador do GO Art, explica que evento quer colocar Goiânia no cenário das convenções nacionais de tatuagem | Foto: Divulgação

Escolha do flash day

A escolha do GO Art foi em reforçar o Flash Day, uma ação em que os tatuadores oferecem desenhos exclusivos a serem tatuados por preços a partir de R$ 200. Nessa modalidade de trabalho, os desenhos não podem ser alterados e são tatuados como estão expostos. Coberturas de tatuagens antigas, as cover-ups, não são feitas por meio de flashs.

“Além de garantir um bom preço, o público ainda terá a chance de ser tatuado por artistas renomados e concorridos que só têm horário vago para daqui muitos meses”, explica Pedro Henrique. Esse modelo de tatuagem foge da competição do GO Art e dá a oportunidade para que o público faça uma tatuagem rápida, durante o evento.

Competição

Os tatuadores participantes do evento poderão competir em 18 categorias no GO Art. Os prêmios serão dados à melhor tatuagem iniciada e finalizada durante a convenção e a melhor tatuagem cicatrizada. A premiação inclui troféu, máquina customizada da marca JABÁ Tattoo Machines, kit de tintas Iron Works, pó solidificador de líquidos Medusa e estande na Tattoo Week, considerada a maior convenção de tatuagem da América Latina.

Nas outras categorias, os primeiros e segundos colocados receberão troféu do GO Art, kit de tintas Iron Works e máquina X13. Essas premiações valem para as modalidades série de desenhos em preto e branco, série de desenhos colorido, aquarela, pontilhismo, preto e branco, lettering (escrita), tribal, portrait (retrato), bio mecânico/orgânico, colorido, comics (quadrinhos), realismo, neo tradicional, new school, old school e oriental.

Dia Mundial de Combate ao Câncer

Como o sábado do evento, dia 8 de abril, é também Dia Mundial de Combate ao Cancêr, o GO Art resolveu apoiar a data e serão realizadas sessões gratuitas de micropigmentação das aréolas mamárias. A ação beneficia mulheres que “não têm condições de arcar com os custos de uma reconstrução das aréolas mamárias”.

A ação acontece em parceria com o Centro de Oncologia IHG das 14 horas até as 21 horas da programação de sábado na Vila Cultural Cora Coralina. O atendimento será feito por ordem de chegada. A técnica em enfermagem e especialista em instrumentação cirúrgica e micropigmentação Welide San faz o procedimento há cinco anos na capital. “Geralmente essa liberação acontece de 4 a 6 meses, após a cirurgia, mas cada caso é um caso. Tudo depende da pele e cicatrização”, afirma Welide.

Exposições

Vocalista do Ratos de Porão, João Gordo vem a Goiânia para bate-papo e discotecar no GO Art | Foto: Waldemir Filetti

Fazem parte da programação do GO Art as exposições de artesanato e de artistas plásticos, mostras fotográficas e paineis. Participam das ações o artista plástico Divino Diesel, os fotógrafos Fredox Carvalho, com a mostra Goiás Selvagem e Noêmia Elisa, na mostra Memórias na Pele, e a exposição Body Suit Baby, com mais de 60 artistas.

A música fica por conta dos DJs Daniel de Mello, BNegão (RJ), Alan Honorato, Pablo Kossa, João Gordo (SP) e Alexandre Perini. João Gordo, vocalista do Ratos de Porão, participa do GO Art Live no sábado, às 19h30, um bate-papo ao vivo com o público. O jornalista, produtor cultural e DJ Pablo Kossa mediará a conversa de João Gordo com a plateia. A página do GO Art no Facebook transmitirá esse momento.

Veja o convite de João Gordo para o GO Art:

 

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.