Zé Roberto
Zé Roberto

Reinado de 20 anos de Bruno e Marrone prova que é impossível falar de música sertaneja sem citá-los

Bruno tem uma afinação perfeita e uma extensão vocal enorme. É um grande intérprete e compositor. Marrone canta e muito bem e é com acordeonista

Bruno e Marrone: talento que revigora a música sertaneja

A música sertaneja tem a incrível capacidade de se reinventar ao longo do tempo. Depois da explosão do sertanejo romântico nos anos 90 que consagrou duplas como Leandro e Leonardo, Zezé Di Camargo e Luciano e João Paulo e Daniel, novos artistas conseguiram fazer a mesma música, só que com ingredientes diferentes, e com isso, conquistaram seu espaço no mercado tão disputado. Nascia nos anos 2000 a febre dos “acústicos”. De repente, as cordas de nylon desapareceram e o violão de aço ganhou força, os discos ao vivo se tornaram prioridades e os DVDs sertanejos se tornaram indispensáveis. O trabalho “Acústico II”, lançado em 2001 pelos goianos Bruno e Marrone marca essa nova era. Um sucesso estrondoso com milhões de cópias vendidas. Sim, naquela época, antes da popularização da internet e do streaming, a grande massa ainda comprava discos.

É inegável que Bruno tem uma voz acima da normalidade. Seu timbre é inconfundível, com afinação perfeita e com uma extensão vocal enorme, alcançando notas muito graves e também notas muito agudas. Outra diferença do Bruno é sua interpretação. Ele realmente sente o que está cantando, transmite emoção em qualquer música. Não é difícil vê-lo chorando com um violão em sua casa ou no estúdio, ou no palco. Bruno verdadeiramente ama o que faz. Além de ser um grande intérprete, ele também é um excelente compositor em seu gênero. Vários dos sucessos da dupla foram compostos por Bruno, sobretudo os do início da carreira.

E o Marrone? Talvez pelo seu jeito submisso, ele seja tão injustiçado. Marrone canta sim e canta bem. Claro que é como segunda voz, o timbre que faz a base para a voz do seu parceiro brilhar. Aliás, se ele não cantasse o Leonardo provavelmente nem o teria apresentado ao Bruno e a dupla nem teria iniciado sua existência. Marrone também é um bom acordeonista, detalhe que teria sido muito importante também no início da carreira, quando os dois se apresentavam nos bares de Goiânia e região.

Com talento, profissionalismo e emoção, Bruno e Marrone imperam na música sertaneja há quase 20 anos. Vários cantores iniciantes se espelham na dupla e, às vezes, tentam até imitar o estilo consagrado dos dois amigos. O fato é que é impossível falar de música sertaneja sem falar de Bruno e Marrone, mais uma dupla goiana que veio para ficar.

2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Jéssica

Ótima pauta, redação e análise. Bruno e Marrone entraram para os grandes nomes do sertanejo e são amados por diferentes – e muitas – gerações. Admiração define!

Lígia Maria

Parabéns pelo artigo ! Excelente !