“As ‘miniaturas grotescas’ de Daniil Kharms são metáforas para as situações absurdas que ele viveu durante o regime stalinista”

“As ‘miniaturas grotescas’ de Daniil Kharms são metáforas para as situações absurdas que ele viveu durante o regime stalinista”

Em entrevista ao Jornal Opção, o diretor de teatro Marcos Fayad fala do espetáculo “Cerimônia Para Personagens Estranhos — Miniaturas Grotescas”, baseado na obra do escritor soviético Daniil Kharms (1905-1942), e dá também sua opinião a respeito da qualidade do que tem sido feito, atualmente, no campo da cultura no Brasil