A vulnerabilidade social que os cidadãos anônimos ou famosos têm ao usarem uma rede social expondo suas imagens e rotinas levou a mais uma vítima de perfil falso. Desta vez, o jornalista e apresentador de tevê e rádio Matheus Ribeiro que denunciou hoje, 14, em seu perfil oficial no Instagram estar sendo vítima de pessoas que criaram um perfil falso com suas fotos para aliciar mulheres e pedir dinheiro na internet.

“Desde quando eu apresentava o jornal em Goiânia eu já sofria com isso. Essa semana recebi  mensagens denunciando esse perfil internacional e relatando que esses criminosos estavam usando fotos minhas e da minha sobrinha para pedir dinheiro na internet, o que me deixou indignado”, desabafou.

Primeiro jornalista goiano a ocupar a bancada do Jornal Nacional na TV Globo, Matheus Ribeiro falou ao Jornal Opção que irá procurar a delegacia para formalizar denúncia e abrir inquérito para investigação dos responsáveis por esse crime.

“Estou em Brasília e por conta de compromissos de trabalho ainda não tive condições de ir à delegacia especializada, que irei procurar ainda essa semana para formalizar a denúncia”, declarou.

Na publicação na internet em seu perfil legítimo, que tem mais de 453 mil seguidores, o jornalista destacou em algumas artes o perfil e as postagens falsas do perfil que traz suas fotos e uma descrição da pessoa que se passa pelo Matheus escrito em inglês.

“Fake. Estão usando minhas fotos para aplicar golpes em mulheres pelo Instagram. Meu único Instagram pessoal é @matheusribeirotv”, alerta o apresentador de tevê em seu perfil na rede social.

A titular da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC), Marcella Cordeiro Orçai, falou sobre os números deste crime em Goiás e também orientou as pessoas sobre o que fazer nestes casos. “Primeiramente a vítima deve comparecer à delegacia mais próxima de sua residência para o registro da ocorrência, nesse caso de crime de falsa identidade”, explicou. A delegada ressaltou ainda que é possível registrar essa denúncia on-line no site da PCGO ou na própria delegacia, de maneira presencial.

Marcella explica ainda que a vítima deve reportar imediatamente esse fato à rede social. A denúncia pelo Instagram pode ser feita aqui: https://help.instagram.com/contact/636276399721841. “A própria plataforma é responsável pela retirada desse perfil do ar. É importante fazer de um computador comum, e não dentro do app, pois demora mais”, explica a delegada.

Por fim, Marcella ressalta que a vítima precisa informar a seus familiares e conhecidos que seu nome está sendo usado por criminosos a fim de praticar crimes, pois esses são os que costumam ser as vítimas do segundo crime, normalmente estelionato, com pedido de empréstimos, dinheiro, venda de produtos e outros.