Avatar
Anderson Milhomem

Ooooooooolha a pamoooooooooonhaaaa!

Acho difícil acreditar que exista um morador do Parque Amazônia, Nova Suíça ou Setor Bueno que não tenha ouvido o chamado característico do Seu Jorcelin

Jorcelin José da Silva.

Se eu perguntar para os moradores do Parque Amazônia, Nova Suíça ou Setor Bueno se conhecem esse nome, provavelmente a resposta será negativa.

Mas, se eu perguntar se conhecem o vendedor de pamonha da potente voz, provavelmente terei uma unanimidade.

Seu Jorcelim, um simpático senhor de 73 anos, é o dono do grito mais famoso das redondezas. Não tem um ser vivo por ali que não ouça o seu “ooooooooolha a pamoooooooooonhaaaa”. É tão potente que parece que alguém gritou na sala do seu apartamento, mesmo que você esteja no décimo oitavo andar.

Pamonha

 

Em 1997, após fechar um bar no Parque Amazônia, se viu sem opção para o sustento da família. Resolveu vender pamonha. No início, o grito era tímido mas bastaram alguns dias para soltar o vozeirão. Nos áureos tempos, vendia 300 pamonhas por dia. Hoje, não mais que 120.

Nos últimos meses senti a falta do grito do Seu Jorcelin. Fui atrás de notícias e descobri que está com dengue há dois meses e diz não ter mais a força de antes para pedalar de terça a sábado, sob sol e chuva. Vai quando dá.

— E a voz?

— Uai meu filho, essa continua boa. A saúde que não ajuda.

Não gosto de pamonha. Mas quando ouvir os gritos do Seu Jorcelin de novo, juro que desço e compro uma.

Talvez duas, quem sabe!

Alguém aceita?

Uma resposta para “Ooooooooolha a pamoooooooooonhaaaa!”

  1. Avatar Noélia Mendonça Garcia disse:

    Boa tarde!

    Como faço pra pedir uma pamonha dele?

    Atenciosamente,

    Noélia ([email protected] )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.