Marquinhos Marques
Marquinhos Marques

Paralisação relâmpago de ônibus

O GDF entrou com uma ação, pela Procuradoria-Geral do Distrito Federal, contra a paralisação relâmpago dos rodoviários segunda (28/08). A categoria reivindica 10% de reajuste salarial. De acordo com a Lei nº 7.783/1989, as entidades patronais precisam ser informadas da paralisação com pelo menos 48 horas de antecedência, o que não aconteceu na greve deflagrada nesta segunda. Além disso, a decisão tem que ser tomada em uma assembléia geral dos funcionários. A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) estenderá em 30 minutos o horário de pico, e mais nove trens passam a circular, totalizando 24 veículos rodando.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.