Marquinhos Marques
Marquinhos Marques

Justiça libera ex-governador Agnelo Queiroz (PT)

Ex-governador do DF, Agnelo Queiroz | Foto: Elza Fiúza/ABr

Néviton Guedes, desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, decidiu quarta-feira (31/5) libertar o ex-governador Agnelo Queiroz do Distrito Federal (DF), que foi preso temporariamente na semana passada durante a Operação Panatenaico, da Polícia Federal.

O petista é suspeito de participar de esquemas de superfaturamento em diversas obras no DF, incluindo a reconstrução do Estádio Mané Garrincha para a Copa do Mundo de 2014 no Brasil, cujas fraudes teriam causado prejuízo de R$ 1,3 bilhão aos cofres públicos.

Guedes acatou o argumento da defesa de que a prisão temporária de cinco dias, prorrogáveis por mais cindo, que havia sido autorizada pelo juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal do Distrito Federal, deveria durar somente enquanto a PF cumpria diligências para coleta de provas, já realizadas.

Vale destacar, a Justiça determinou o bloqueio de R$ 155 milhões de reais dos envolvidos, suspeitos também de fraudar licitações para a construção do BRT Sul de Brasília e de obras no entorno do estádio.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.