Marquinhos Marques
Marquinhos Marques

Greve dos metroviários segue em Brasília

Os brasilienses, que não puderam contar com o metrô sábado e domingo, continuam sem poder usar o serviço de transporte público. Todas as 24 estações do Distrito Federal ainda estão de portas fechadas nesta segunda (20/11), já que não há o número de funcionários de 75% para manter o serviço funcionando.

A greve dos metroviários, que começou no dia 9 de novembro, prejudica cerca de 170 mil usuários que utilizam o metrô diariamente para circular pela capital. Vale dizer, os funcionários do Metrô-DF pedem reajuste salarial de 8,4%, com base na variação do índice INPC, e a contratação de 631 pessoas aprovadas no último concurso – 331 de forma imediata e 300 de cadastro reserva.

A falta do serviço desrespeita a decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de que os trens devem circular com 90% da capacidade, gerando multa de R$ 100 mil por dia. Em quanto isso, a população continua na Sofrência.

Deixe um comentário