Marquinhos Marques
Marquinhos Marques

Distrital é condenado em ação de improbidade administrativa

Por fraude em uma licitação do Tribunal de Contas da União (TCU), investigada no âmbito da Operação Sentinela, a 14ª Vara Federal no DF condenou o distrital Robério Negreiros (PSDB) por improbidade administrativa.

Segundo o Ministério Público, em 2004, ele articulou as propostas apresentadas na concorrência com outras empresas — Sitran e Confederal — para que a Brasfort, negócio da família no setor de segurança e contratação de mão-de-obra terceirizada, saísse vencedora. A sentença do magistrado Eduardo Rocha Penteado determina que Robério perca os direitos políticos por cinco anos; fique impedido de contratar com o poder Público por três anos; e pague, junto ao pai e à Brasfort, 50% dos valores recebidos, conforme o contrato com o TCU.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.