Hélio Rocha
Hélio Rocha

Trabalhadores da construção

Desde seu início, Goiânia deve muito aos homens da construção civil

Construção civil, um dos pilares do progresso | Foto: Reprodução

Às 7 da manhã, começo a ouvir o ruído da construção civil, a progressista e mais antiga atividade econômica de Goiânia e um patrimônio da cidade.

Quando se iniciou a construção da capital, no final de 1933, sobre as verdes e levemente onduladas planícies, a atividade construtora foi montando, com muito ânimo, o sonho do que parecia impossível: o enchimento do vazio no qual se daria a explosão urbana.

Goiânia deve muito a esses trabalhadores da construção civil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.