Hélio Rocha
Hélio Rocha

Pai do escritor Sérgio Sant’Anna, vítima da Covid-19, é goiano da Cidade de Goiás

Sebastião Sant’Anna e Silva passou a infância em Catalão e foi o braço direito do ministro Roberto Campos no governo de Castello Branco

Sergio Sant’Anna, escritor: falecido no domingo, 10

O escritor Sérgio Sant’Anna — que morreu no domingo, 10, no Rio, aos 78 anos, vítima de Covid-19 — era filho de Sebastião Sant’Anna e Silva, que nasceu na cidade de Goiás e passou a infância em Catalão.

Sebastião Sant’Anna fez curso de Direito no Rio e se tornaria nacionalmente importante. Foi o braço direito do economista Roberto Campos no Ministério do Planejamento — no governo do presidente Humberto de Alencar Castello Branco, na década de 1960 — e chegou a assumir a pasta.

O escritor Ivan Sant’Anna publicou, pela Companhia das Letras, o livro “Herança de Sangue — Um Faroeste Brasileiro”. É uma história sobre brigas históricas em Catalão.

Roberto Campos foi esfaqueado por uma bela mulher

Roberto Campos e Marisa Tupinambá: guerra por ciúme e negócios | Fotos: Reproduções

O economista Roberto Campos, ex-ministro e ex-embaixador, foi hospitalizado em São Paulo, em 1981, vítima de facadas.

O noticiário a respeito informava que foi vítima de assalto.

Na verdade, quem o esfaqueou foi uma mulher bonita chamada Lúcia Tupinambá, que havia sido sua amante quando ele era embaixador em Londres. Motivos? Ciúme? Segundo ela, negócios mal resolvidos com o o economista (avô do atuar presidente do Banco Central).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.