Hélio Rocha
Hélio Rocha

Oriana Falllaci, uma jornalista singular

Uma italiana corajosa e que chegou a tomar tiros quando era correspondente no México

Oriana Fallaci, jornalista italiana nascida em Florença | Foto: Reprodução

Em 1968, eu fazia um curso no Rio e estagiava na revista Manchete.

Esteve no Rio a jornalista italiana Oriana Falllaci, mundialmente famosa. Ela tinha 39 anos –nascera em Florença, em 1929.

Filha de um esquerdista que sofreu muito com o fascismo, Oriana era singular e muito corajosa. Ela fez uma cobertura no México, onde tomou tiros e quase morreu.

Escreveu 20 livros, muito lidos no mundo inteiro, e cobriu com muita ousadia a guerra do Vietnã. Naquela estada no Rio, ela deu uma entrevista à imprensa. Estive lá em companhia do jornalista Ney Bianchi e fiquei impressionado com a inteligência de Oriana. Ela morava em Nova York, em 2006, quando descobriu um câncer de pulmão e foi para sua terra, Florença, onde morreu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.