Hélio Rocha
Hélio Rocha

O Gato que Ri, um restaurante de setenta anos

Fundado pela italiana Amélia, o restaurante resiste há mais de meio de meio século. Estive lá com os amigos Vicente Terra e Itamar de Carvalho

Estava com 16 anos quando fui pela primeira vez em São Paulo. Conhecia muito a tradicional macarronada, que se servia tradicionalmente nas casas aos domingos, mas nenhum outro prato italiano.

Um ano depois é que iria se abrir em Goiânia um restaurante italiano, o até hoje existente (e resistente) Bologna.

Restaurante O Gato que Ri, no Largo do Arouche | Foto: Reprodução

Em São Paulo eu e os dois companheiros de viagem, saudosos amigos Vicente Terra e Itamar de Carvalho, conhecemos um típico restaurante italiano, chamado O Gato que Ri, no Largo do Arouche. Foi fundado por uma italiana, dona Amélia, em 1951.

O Gato que Ri continua funcionando no mesmo local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.