Hélio Rocha
Hélio Rocha

O dia em que um irmão de Siron Franco ficou amigo de um faquir na Praça Cívica

O faquir instalou sua tenda na praça e lá ficou muito tempo. Um adolescente compadeceu-se e se tornou seu amigo

Coreto da Praça Cívica, em Goiânia | Foto: Euler de França Belém/Jornal Opção

Em tempos antigos de Goiânia a Praça Cívica, não obstante sua importância política, era usada para muitos fins, inclusive prosaicos.

Uma ocasião ela abrigou uma tenda na qual ficou batendo recorde de fome um faquir.

Um irmão do artista plástico Siron Franco, que era adolescente, ficou com pena de faquir e passava muito tempo nas proximidades a ponto de ficarem amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.