Hélio Rocha
Hélio Rocha

Miranda, herói da Venezuela e paixão de Catarina, a Grande

Ao contrário de Hugo Chávez, Francisco Miranda era considerado um homem bonito e se tornou mais uma paixão da dirigente da Rússia

Alguns historiadores consideram meio prosaica a luta pela independência brasileira. A da Venezuela foi bem mais heroica e épica, inclusive porque estimulou a de países vizinhos.

Francisco Miranda na prisão | Pintura: Reprodução

Essa luta foi coroada por Simón Bolívar (1783-1830), mas teve como pioneiro Francisco Miranda (1750-1816). Esse pioneiro fez uma viagem pela Europa em busca de apoio à sua causa. Esta viagem incluiu a Rússia, que era governada por Catarina, a Grande (1729-1796). Ela já estava meio madura, mas ficou meio apaixonada por Miranda, que, ao contrário de Hugo Chávez, era considerado homem muito bonito.

Catarina teve cerca de 30 amantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.