Hélio Rocha
Hélio Rocha

Médico goiano fotografou 24 túmulos em Pére Lachaise. Só prestou a foto do túmulo de Alan Kardec

Um sacerdote católico viu uma mulher nas proximidades do túmulo do pai do espiritismo. Mas, ao chegar perto, ela desapareceu

Túmulo de Allan Kardec, em Paris | Foto: Reprodução

O cemitério mais visitado do mundo é o de Pére Lachaise, em Paris, por causa do grande número de celebridades lá sepultadas, como Edith Piaf, Maria Callas, Frederic Chopin, Oscar Wilde, o líder espírita Alan Kardec, entre outros.

Allan Kardec, o pai do espiritismo | Foto: Reprodução

Anos atrás, um médico goiano, que estava se especializando em Paris, foi em um final de semana ao famoso cemitério. Levou uma máquina fotográfica, daquelas que ainda usavam película mesmo e cujos filmes tinham de ser revelados. Ele usou um filme de 24 poses, fotografou 24 túmulos e mandou revelar.

Para sua surpresa, 23 fotos não saíram, estavam veladas, como se dizia. Apenas uma pose ficou boa, perfeita, na verdade, que foi a da tumba de Alan Kardec.

Mais recentemente, um sacerdote católico de Goiânia, visitando o Pére Lachaise, aproximou-se do túmulo de Kardec.  Junto se encontrava uma mulher alta, de vestido comprido. Mas, quando chegou bem perto, ela desapareceu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.