Hélio Rocha
Hélio Rocha

Goiás e os libaneses

Os sírio-libaneses chegaram no Estado de Goiás pela antiga Estrada de Ferro Goiás, que se iniciava em Araguari e se encerrava em Anápolis

Homem lamenta a destruição de parte de Beirute | Foto: Reprodução

Quando sírio-libaneses começaram a vir para o Brasil tinham passaporte emitidos pela Turquia, razão pela qual ficaram sendo chamados de turcos.

Goiás os foi recebendo em grande escala e o fluxo deles teve como principal influência a antiga Estrada de Ferro Goiás, que se iniciava em Araguari e se encerrava em Anápolis, razão por que esta cidade os recebeu em grande escala. A família Belém (alguns se assinam Bethlém), de origem sírio-libanesa, chegou ao Rio, desceu para Araguari (parte ficou na cidade), daí se espalhando pelo Norte de Goiás (Pindorama, Natividade, Pedro Afonso), hoje Tocantins.

Goiânia tem importante avenida com nome de República do Líbano. A falecida escritora Ligia Rassi escreveu ótimo livro, “Dos Cedros às Palmeiras”, sobre os Rassi que vieram do Líbano para Goiás. Essa tragédia que aconteceu em Beirute despertou portanto forte solidariedade goiana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.