Hélio Rocha
Hélio Rocha

Fusca de Álvaro no sequestro

Veículo era chamado de o gigante, porque tinha imenso adesivo do Vasco da Gama, com a inscrição “Gigante da Colina

Tenho antiga amizade com o jornalista, nacionalmente importante, Álvaro Caldas, que é goiano.

Fomos colegas de classe no Ateneu Dom Bosco, em Goiânia. Em 1969, ano terrível, pois a ditadura militar chegara ao máximo do autoritarismo, Álvaro trabalhava no importante Jornal do Brasil, no Rio.

Era colega de Fernando  Gabeira, quem organizou o audacioso sequestro do embaixador dos  Estados Unidos no Brasil, Charles Burke Elbrick. Álvaro não participou do grupo, mas emprestou seu automóvel, um fusca, que ficou sendo chamado de o gigante, porque tinha imenso adesivo do Vasco da Gama, com a inscrição “Gigante da Colina.”

A embaixada americana ainda funcionava no  Rio. Sob imensa  tensão nacional o grupo negociou com o governo e obteve a libertação de 15 presos políticos, entre os quais  José Dirceu, que  posteriormente  seria ministro do governo  Lula.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.