Hélio Rocha
Hélio Rocha

Fazem falta os festivais da canção

Os festivais revelaram bons compositores e firmaram cantores de alta qualidade

No ano de 1968 eu fazia um curso no Rio e fui uma noite do Maracanãzinho para assistir ao Festival da Canção.

O público se empolgou com várias músicas, principalmente “Disparada”, de Geraldo Vandré, e “Sabiá”, de Chico Buarque e Tom Jobim. São, ambas, canções antológicas.

Ocorreram festivais antes e depois desse e muita música de alta qualidade se revelou.

Hoje em dia a música popular brasileira atravessa penosa crise. Os festivais poderiam voltar, pois contribuíam muito para revelar bons compositores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.