Hélio Rocha
Hélio Rocha

Epitácio Pessoa era racista

Presidente paraibano baixou decreto proibindo jogador negro na seleção

Presidente Epitácio Pessoa | Foto: Reprodução

O presidente Epitácio Pessoa (1865-1942), nascido na Paraíba, era racista.

Tão racista que baixou um decreto proibindo que jogador de futebol negro ou mulato jogasse na seleção brasileira.

Quando houve o Campeonato Sul-Americano de 1919, o maior craque brasileiro era Arthur Friedenreich, que era mulato. Por causa da decisão presidencial ele não foi convocado.

No começo da década de 1950, Friedenreich, que já não jogava mais, visitou Goiânia e esteve numa tarde de domingo no velho Estádio Olímpico, quando se realizava um jogo entre Goiânia e Atlético.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.