Hélio Rocha
Hélio Rocha

Coimbra Bueno, como político e empreendedor, mostrou que tinha visão de futuro

Ele defendeu a navegabilidade dos rios goianos, propôs a mudança da capital de Goiás para o Planalto Central e melhorou o rebanho de gado do Estado

Couto de Magalhães (1837-1898), presidente da província de Goiás no século 19, foi o primeiro personagem a defender navegação de rios goiano, pregando uma ligação que, a partir de hoje Aruanã, na época Leopoldina, percorresse os rios Araguaia e Tocantins, até o Pará. Consta que, na primeira tentativa de navegar pelo Rio Araguaia, houve um naufrágio e o gestor-empreendedor quase se afogou.

Coimba Bueno | Foto: Reprodução

O segundo a defender navegabilidade dos rios goianos foi Jerônymo Coimbra Bueno, governador de Goiás e depois senador.

Coimbra Bueno tinha visão de futuro. Ainda na década de 1940 criou a Fundação Coimbra Bueno, para defender a mudança da capital federal para o Planalto Central.

Quando governador, contribuiu para o aperfeiçoamento do rebanho bovino goiano importando tourinhos da Índia. Ele pregava a construção entre Santos e o pé da Serra, em São Paulo, para diminuir a distância entre o porto e a capital paulista.

Hoje Goiás já tem alguma navegação, por intermédio do porto de São Simão.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.