Hélio Rocha
Hélio Rocha

A ditadura civil-militar escolhia o prefeito de Anápolis

Devido à Base Aérea, o município passou a ser área de segurança nacional. Por isso o prefeito era nomeado, não era eleito

Na verdade, tudo passou a ser um absurdo durante os 21 anos da ditadura civil-militar no Brasil, com presidente da República e governadores escolhidos sem o voto popular.

Um outro grande absurdo aconteceu em Anápolis. O governo militar alegou que, por causa de uma base aérea na cidade, Anápolis não poderia ter eleição direta para prefeito. E, assim, durante um período, o prefeito passou a ser escolhido conforme critérios da ditadura civil-militar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.