Hélio Rocha
Hélio Rocha

A casa cubana do escritor americano Hemingway

O Nobel de Literatura escreveu a novela “O Velho e o Mar” em Cuba. Sua casa, com muitas lembranças do escritor, é agradável

Gosto muito de conhecer lugares onde viveram grandes escritores. Emocionou-me muito, por exemplo, conhecer a casa de Ernest Hemingway em Cuba, a Finca La Vigia, que fica a 25 quilômetros de Havana. Finca é chácara em castelhano. Local muito agradável, com gosto de campo e sensação de maresia vinda do mar.

A casa fica no alto de uma colina, com muitas lembranças do grande escritor, inclusive de suas caçadas em safáris africanos e fotos de suas belas netas, Margaux e Mariel.

Hemingway e sua mulher, Mary Welsh em Cuba, em 1954

Os cubanos detestam os Estados Unidos, mas adoram a memória de Hemingway, cuja obra ganhadora do Nobel de Literatura, “O Velho e o Mar”, foi escrita em Cuba.

Hemingway tinha aparência de ser mais velho, mas tinha apenas 61 anos quando se suicidou, em 1961, com um tiro de rifle (o pai do escritor também havia se suicidado).

Hemingway e Fidel Castro | Foto: Reprodução

Essa casa de Cuba, Hemingway comprou com dinheiro ganho com o livro “Por Quem os Sinos Dobram” (sobre a Guerra Civil Espanhola), sobre o qual se baseou um famoso filme, com Gary Cooper e Ingrid Bergman.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.