Euler de França Belém
Euler de França Belém

Revista Playboy volta a circular no Brasil a partir de março de 2016

“Queremos resgatar a marca ‘Playboy’, usando sua espinha dorsal, como ter estrelas na capa ou a grande entrevista. O resto será novo”, afirma um dos diretores

Maitê Proença 34

A boa notícia do ano é que o escritor Paulo Coelho desistiu de aparecer nu, como veio ao mundo, em público. A má notícia é que a bela Maitê Proença desistiu de posar nua, mesmo tendo prometido que, se o Botafogo voltasse à Serie A do Campeonato Brasileiro, apareceria em público sem nenhuma vestimenta. Uma pena. Mas uma pena mesmo. Não é todo dia que se pode ver uma mulher tão linda e de personalidade forte tão nua quanto Eva no paraíso. Mas, entre a boa notícia, Paulo Coelho vai continuar vestido, e a má notícia, Maitê Proença não vai retirar a roupa, descumprindo uma promessa quase sacra, surge, no horizonte das revistas, a notícia de que, sim, a “Playboy” não vai fechar as portas. Só não será publicada pela Editora Abril, mas, a partir de março, estará impoluta nas bancas de revistas e jornais e, claro, na internet. Os intelectuais vão continuar dizendo que adquirem a revista para ler as entrevistas, às vezes cometendo o ato falho de sugerir que compram para “ver” as entrevistas — por sinal, insossas, nos últimos tempos —, quando, como todos sabem, até os intelectuais compram primeiro para ver as mulheres nuas e, por vezes, seminuas. Calha que, quando os olhos cansam, se cansam, alguns de fato leem as entrevistas e as reportagens sobre produtos e outros assuntos.

A Playboy Enterprises anunciou na segunda-feira, 7, que a PBB Entertainment vai publicar a “Playboy” a partir de março de 2016. O vice-presidente da Playboy Enterprises, Mike Violano, disse ao portal iG que “a ‘Playboy’ tem uma longa história no Brasil e nós estamos animados com o fato de a PBB Entertainment nos ajudar a dar sequência a essa tradição. Esperamos estabelecer uma parceria de muito sucesso com a nova editora, já que o nosso público continua a crescer tanto no impresso quanto no digital”.

Playboy os novos donos SociosPBB

O vice-presidente sênior da PBB Entertainment, André Sanseverino, frisou que o grupo que dirige está empolgado com a “parceira com uma marca tão icônica”.

“Vamos manter a tradição de excelência da “Playboy’ Brasil”, sublinhou André Sanseverino. “A revista continuará oferecendo ensaios fotográficos de alta qualidade, além do conteúdo relevante e provocativo que os leitores conhecem e amam.”

Sérgio Xavier será mantido como diretor de redação da “Playboy”. André Sanseverino revela que vai “investir muito em internet e mobile”, além de eventos. “Queremos resgatar a marca ‘Playboy’, usando sua espinha dorsal, como ter estrelas na capa ou a grande entrevista. O resto será novo.”

A “Playboy” brasileira, ao contrário da americana, vai continuar publicando fotografias de mulheres nuas. “Isso tem a ver com a gente.”

Os sócios da PPB Entertainment são André Sanseverino, fotógrafo de moda, Edson de Oliveira e Marcos de Abreu.

[Na foto: André Sanseverino, vice-presidente; Marcos de Abreu, presidente; e Edson de Oliveira, vice-presidente]

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.