Euler de França Belém
Euler de França Belém

Correio Braziliense perde jornalistas para assessorias de imprensa. Razão: salários maiores

O “Correio Braziliense” está perdendo jornalistas qualificados. O repórter Almiro Marcos deixou o jornal para assumir a chefia setorial de Comunicação da Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan) do governo de Goiás. Sílvio Ribas, subeditor de Economia, deixou a redação para assumir a assessoria de imprensa do senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES). Motivo provável dos profissionais: os salários nas assessorias são superiores aos das redações e, teoricamente, o grau de estresse tende a ser menor.

A repórter de Economia Bárbara Nascimento também saiu do “Correio”. “O editor Vicente Nunes diz que ainda não há substituições na equipe, que, provavelmente, deverá se valer de uma solução caseira”, relata o Portal dos Jornalistas. A informação sugere que o jornal, numa fase de contenção de despesas, não está fazendo contratações.

Deixe um comentário