Do Leitor
Do Leitor

“Brasil condicionou a sociedade a precisar de investimentos em segurança”

Antonio Alves

cartas.qxdA matéria “Índice de analfabetismo escancara descaso da população e dos governantes com a educação” (Jornal Opção Online) chama a atenção para um fato. O crescente aumento da criminalidade, nos últimos cinco anos, é uma ironia que cobra dos governos o investimento dos 18% de arrecadação de impostos da união e os 25% dos estados e municípios. O Brasil condicionou a sociedade de maneira a necessitar desses investimentos. Há passos dados que não permitem voltar atrás. E, muito provavelmente, o que não se gasta com educação terá que se gastar com segurança e combate às drogas, pois essa já é uma realidade incontestável. Uma coisa é certa: um país sem Educação é um país sem futuro. E as mudanças não passam apenas por investimento. Hoje se faz necessário fazer o caminho de volta. E para isso é preciso repensar temas polêmicos como direitos humanos e maioridade penal, bem como a questão do trabalho do jovem adolescente.

E-mail: [email protected]

 

“Maria do Rosário e toda essa gente querem acabar com nossa família”

Adalberto de Queiroz

cartas.qxdPrezado José Maria, ex­celente o artigo “Lei da Pal­mada institui a paternidade análoga à escravidão” (Jor­nal Opção 2031). Isso confirma o que o professor-filósofo (hoje morando nos EUA, por conta das ameaças petistas) sr. Olavo de Car­va­lho traduz por interferências contínuas na vida da família. Interpreto como: “não se iludam que as leis em nosso / vosso país é feita pela ONU e desce ‘goela abaixo’ do nosso parlamento”.

Essa gente, feito a sra. Maria do Rosário, quer acabar com a família. Cito de novo, Olavo de Carvalho: “(…) eles querem acabar com a família dos outros” e proteger a “família” deles. O “nós” usado nos discursos de Lula é linguagem de uma máfia que não quer criança (adolescente, jovem, adulto) trabalhando, nem quer o “duplo grau de jurisdição” da instituição familiar, quer a família desfeita, para que o estado “ensine” sexo na escola primária, perversão no intermediário e guerrilha urbana no superior.
Seria o “governo mundial” gramscista?

E-mail: [email protected]

 

“Pessoas demonstram ser a favor da justiça pelas próprias mãos”

José Carlos

cartas.qxdPego ônibus todos os dias e ouço passageiros comentando sobre diversos assuntos e temas. Assuntos ligados à segurança pública e justiça ganham cartaz. Há alguns anos, percebi a indignação das pessoas com as punições brandas a criminosos, dando a entender que o crime compensa. Percebi também que os passageiros demostraram ser a favor de se fazer justiça com as próprias mãos, pois não acreditam nas leis, como demonstrado pela matéria “Populares matam homem suspeito de assassinato em Luziânia” (Jornal Opção Online).

Esse quadro não é bom para a política semidemocrática instalada no nosso país. Porém, se não houver mudanças nas leis penais, mais criminosos serão mortos ou feridos pela população honesta e trabalhadora. Acredito que muitos dos criminosos que sofreram ações de justiceiros no Brasil, cometeram diversos crimes e foram beneficiados por leis penais fracas. A OAB poderia lutar junto ao Congresso para que fosse aprovada uma lei que previsse a redução de pena somente para os réus primários, onde em caso de reincidência o criminoso iria cumprir a pena integral. Assim, com certeza, o cenário atual referente à criminalidade iria mudar e os justiceiros deixariam de existir. Sabemos que isso nunca vai acontecer, por que a OAB não comunga com esse pensamento, por motivos óbvios.

E-mail: [email protected]

 

cartas.qxd“Todo político deveria ter a coragem que Romário tem”

Rinaldo Lopes

Sobre a matéria “Jovair Arantes chama Romário de ‘ridículo’ após receber críticas pelo Facebook” (Jornal Opção Online): O Romário fala o que pensa. Se está certo ou errado é outra história. Todo político deveria ter a coragem que ele tem. Nesse caso em particular ele está certíssimo!

E-mail: [email protected]

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.